Blog da Ploomes
Web design

Prototipação e Pesquisa: 6 Maneiras de Melhorar Seu Site

Existe uma tonelada de estratégias e métodos para melhorar seu site, mas o que essencialmente atende a esse questionamento são dois pontos principais: certifique-se de que os usuários saibam que você existe e dê às pessoas uma boa razão para entrar no seu site.

Todo mundo quer saber como aumentar o tráfego do seu site e esse questionamento tem boas razões de existir.

Dentro da lógica atual de negócio, quanto mais tráfego no site, mais leads, mais autoridade, maior a comunidade em torno do seu negócio, e finalmente, mais vendas.

Como já falamos, existem diversas opções de estratégias para responder à pergunta “como melhorar seu site?”. Neste artigo, montamos um tutorial básico de como montar um site, intermediário e avançado, que irão melhorar a qualidade do seu site se aplicadas corretamente.

1 – Definindo a estratégia

Nesta parte entram quais vão ser os métodos usados no início do projeto, quando a estratégia está sendo definida. Ao contrário dos processos mais famosos, como wireframes e sitemaps, a preocupação é embasar decisões mais abstratas sobre a “razão de ser” do produto.

Estas são algumas estratégias para o seu site:

Blue prints

O Blue prints é uma ferramenta muito interessante para mapear a interação do usuário com seu produto e tentar resolver falhas durante o processo.

Ele cria um mapa que mostra todos os pontos de contato com o consumidor e marca. É útil para visualizar o caminho que os leads (potenciais clientes) percorrem em múltiplos canais e para identificar oportunidades de melhoria.

Blueprints para melhorar seu site
Exemplo de Blueprint

Journey Map

O Journey Map é um diagrama que explora os diferentes passos tomados pelo consumidor à medida que ele se engaja com o serviço. Ele permite, portanto, que os designers definam as motivações e necessidades do consumidor nas várias etapas da jornada.

JourneyMap para melhorar seu site
Exemplo de Journey Map

Análise Competitiva

Este método consiste em uma análise extensa dos produtos concorrentes, mapeando as funcionalidades existentes em cada um deles de forma comparativa. Dessa forma, ela ajuda a entender padrões na indústria e a identificar oportunidades de inovar em determinado mercado.

2 – Gerando Ideias

Esses métodos são utilizados para a etapa criativa do projeto. Eles ajudam que a equipe responsável pela parte criativa colete ideias para que estejam alinhados com o produto e possam, então, melhorar seu site.

Abaixo estão alguns exemplos:

Brainstorming

Um processo de dinâmica de grupo, é uma atividade para explorar a criatividade e juntar ideias. Dessa forma, ajuda o time a visualizar uma grande variedade de soluções de design

Fluxo do Usuário

Uma representação visual do fluxo do usuário para completar tarefas dentro do produto. O ideal é que esses diagramas sejam feitos antes de desenhar protótipos como wireframes ou mockups para melhorar seu site.

Os aspectos do fluxo do usuário é ajudar a desenhar o caminho que seus usuários terão que percorrer para chegar no objetivo do seu negócio e obter o valor que procuram.

3 – Planejando Produto

Esses são alguns dos métodos usados quando, passada a etapa de geração de ideias, chega a hora de planejar e desenhar o produto em questão.

Sitemap

Um dos métodos mais conhecidos de UX. Consiste em um diagrama das páginas de um site organizadas hierarquicamente. Sua organização ajuda a visualizar a estrutura básica e a navegação entre as diferentes partes do sistema.

Exemplo de Sitemap para melhorar seu site
Exemplo de Sitemap

4 – Analise de Métricas

Análise dos números fornecidos por alguma ferramenta de métricas que dão insights sobre como os usuários interagem com o produto: número de cliques, tempo de navegação, palavras-chaves buscadas, etc.

Os números ajudam a descobrir insights valiosos sobre o comportamento dos consumidores.

5 – Pesquisa de validação

São métodos utilizados para entender como o consumidor pensa, o que espera do produto e como interage com ele.

Pesquisa quantitativa

Questões que produzem um número como resultado. É uma forma rápida e simples de medir a satisfação dos consumidores e coletar feedback sobre o produto.

Teste de Usabilidade

Uma entrevista pessoal com o consumidor, na qual se pede a ele que realize uma série de tarefas em um protótipo ou mesmo no produto final.

Teste A/B

Trata de oferecer duas versões diferentes do produto para diferentes usuários e ver qual delas tem melhor resultado.

6 – Desenho de interfaces

Esses são os entregáveis mais comuns, aqueles que documentam como determinada tela vai funcionar e qual vai ser o estilo da tela.

Sketches

Uma forma rápida de rabiscar uma nova interface usando papel e caneta, podem ser muito úteis para validar rapidamente conceitos do produto e ideias de design.

Wireframes

Um guia visual que representa a estrutura da página, bem como sua hierarquia e os principais elementos que a compõem.

Os Wireframes existem para evitar trabalho desnecessário. Ele é quase como um rascunho, criado para que as pessoas consigam dar feedbacks sobre ele, assim pode, então, ser ajustado e ir para as outras áreas envolvidas no projeto.

Um Wireframe nunca está 100% pronto. Justamente por ser um documento focado em colaboração e discussão, é importante que o compartilhe com todos os membros do time (desenvolvedores, diretores de arte, gerente de projetos, cliente) e também com o usuário final.

Wireframes são uma ótima ferramenta na hora de demonstrar como uma interface deve funcionar e quais informações estão contidas nela. Além disso, são muito mais rápidos de serem produzidos (e alterados).

Protótipos

Protótipos são versões interativas dos wireframes, onde é possível clicar ou interagir com algumas partes da tela para simular como será o funcionamento, mesmo que as funcionalidades ainda não tenham sido implementadas da maneira correta.

É como se fosse um rascunho do trabalho que depois será realizado pelos desenvolvedores.

Para que possa desenvolver essas telas e melhorar seu site, há alguns softwares que podem te ajudar. Vou deixar aqui um link sobre softwares específicos para design, prototipagem, monitoramento do site, etc.

Melhorar seu site depende do seu negócio e do seu cliente

Na teoria, é tudo muito bonito, mas na prática… A essa altura você deve estar se perguntando sobre o real impacto da experiencia do usuário nos negócios e como isso influencia para melhorar seu site.

Esses processos não se aplicam em todo tipo de produto. Vai da pessoa estudar e ver qual a melhor metodologia para o desenvolvimento do seu produto.

Embora muitas empresas e marcas ainda não tenham essa preocupação bem definida em seus modelos de negócios, há uma tendência crescente em relação a esses processos.

De certa forma, ainda falta reconhecer que os usuários, assim como os clientes, são peças centrais de todos os esforços que uma empresa pode fazer para ser reconhecida, pois além de produto, é preciso oferecer boas experiências.

Victor Paixão

Victor Paixão

Comentar

Siga-nos

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial