Blog da Ploomes
homem escrevendo estratégias em um painel

Estratégias de marketing para 2021

Preparado para saber quais são as principais estratégias de marketing para 2021? Conversamos com o  Eduardo Correia, Country Partner Manager na SharpSpring Brasil e listamos alguns princípios que todo profissional de marketing deve estar antenado! 

Hoje mais do que nunca, é necessário investir em novos conhecimentos e se tornar um profissional multiplataforma. A necessidade se dá, em meio às muitas transformações vividas no mercado de trabalho e na sociedade como um todo. 

Justamente por isso, Eduardo começou nos falando da importância que o gestor de marketing tem nesse processo de alinhamento para o próximo ano e, principalmente, no desenvolvimento de seus liderados. Continue a leitura e confira! 

A importância de uma boa gestão de marketing

Por ser a referência da equipe, mais do que ninguém, o gestor de marketing cada vez mais deve deixar de ser um especialista para se tornar um generalista. A afirmação soa estranha para você? Entenda o fundamento disso.

O principal motivo dessa ampliação de conhecimento ao invés de uma segmentação, é que há um certo tempo haviam profissionais da área muito especializados em performance ou mesmo em conteúdo e nas tantas outras subdivisões do marketing e da comunicação de forma geral. 

Mas quando se trata de um gestor, logicamente é necessário ter conhecimento desde a parte de mídia paga, marketing de conteúdo e growth marketing, por exemplo, mas também é imprescindível que ele entenda as outras necessidades do mercado. Afinal, a jornada de compra do consumidor já não é mais a mesma e está muito mais complexa

Então o que é preciso para fazer uma boa gestão e aplicar estratégias de marketing corretas? Neste caso, mapear primeiro o perfil de cliente ideal, o PCI. Depois deve ser mapeado toda a jornada de compra do cliente para entender quais são os pontos de contato que ele tem com a sua empresa. E onde a equipe de marketing deve apoiar na estratégia de venda da empresa.

E a importância do alinhamento estratégico com a equipe

Sabemos que o trabalho do marketing é realizar a atração de leads e oportunidades para a empresa. E neste caso, estamos falando dos investimentos em mídia paga, na produção e distribuição de conteúdo, gerenciamento de mídias sociais, entre tantos outros. 

Mas quando falamos do setor B2B ou do B2C de venda complexa, sabemos também que esse cliente vai gerar um cadastro, uma oportunidade para a empresa e a equipe de venda precisa que o marketing dê apoio para ela. 

E neste momento temos a comprovação da necessidade dos profissionais estarem preparados de maneira mais abrangente e geral. Tanto a equipe de marketing como o gestor precisam entender ao menos um pouco de como é o processo comercial da empresa, para que possam atender suas demandas e também criar conteúdos que vão potencializar o trabalho do time de vendas.

Seja na criação de um vídeo de prova social, depoimento de um cliente,  ou mesmo com um comparativo entre uma empresa e outra. O time de marketing tem um vasto território para explorar e prestar suporte para o time de vendas. 

E falando em suporte, como estamos de vendas complexas, temos também toda a parte de pós venda, que é o sucesso do cliente e que pode se beneficiar do uso correto das estratégias de marketing. 

apoio do marketing para a área de sucesso do cliente gera mais programas de indicação, ajuda a explorar as pesquisa de NPS, além de também contribuir para melhorar os processos de marketing.

Por isso, o Country Partner Manager da SharpSpring  acredita que, o princípio básico que um profissional de marketing precisa para 2021, são os conhecimentos macro de uma estratégia de marketing e vendas e sucesso do cliente para entender em quais pontos ele pode se apoiar e gerar valor para esses departamentos da empresa.

Como se preparar para 2021?

Com tudo o que vivemos na crise causada pela COVID-19, neste ano de 2020, ficou clara a importância e a urgência de um marketing voltado para a análise de dados.

Muitas empresas que antes não tinham indicadores de performance durante esse momento de queda na economia, saíram perdendo. Enquanto aquelas que já trabalhavam com dados já apresentaram um grande potencial competitivo.

A razão disso, é simples! Com os dados as empresas possuem uma massa crítica para analisar, como por exemplo:  onde estavam investindo?  O que estava dando certo? E o que não estava? Quais são os canais que estão gerando mais tráfego ou mais leads qualificados? E por quê? 

Obter essas respostas só é possível através do rastreamento de dados e com a utilização de tecnologias que fornecem e apresentam esses indicadores.

De acordo com Eduardo, para o ano que vem muitas empresas estão olhando para os investimentos em performance. 

“Então, apesar de haver uma retomada, as empresas vão pensar onde investir o seu dinheiro. E sabemos que ainda estamos em um momento de escassez nos investimentos em marketing, ou seja, temos uma concorrência maior pelo dinheiro que está na mesa do cliente, afinal, o poder de compra do consumidor caiu”, completa.

Para ele, no que diz respeito a economia almejamos uma retomada e não deveria ser diferente, mas não podemos esquecer que de fato, o poder de compra caiu, logo a concorrência por esse dinheiro que está no mercado é mais acirrada. Ou seja, é preciso pensar em estratégias de marketing que realmente gerem performance.

Fortes tendências de marketing para 2021

Com o vasto conhecimento de mercado e as análises feitas neste ano, Eduardo levantou duas tendências que de acordo com ele virão fortes em 2021, são elas:

A análise de dados e capacidade de trabalhar com base nesses indicadores

Mais do que analisar dados, as empresas que realmente esperam ter sucesso com dados precisam aderir a cultura Data-Driven e aplicá-la em seus processos de trabalho.

O growth marketing

O growth marketing pode ser definido como uma estratégia de marketing voltada para testes e metodologias e analisar os resultados para melhorar os indicadores da sua empresa.

“Falando de growth, é importante ressaltar que ele não serve apenas para o marketing, é possível colocar como objetivo a diminuição da taxa de cancelamento da empresa, por exemplo, ou o aumento do upsell na minha base de clientes” acrescentou o Country Partner Manager.

Então, para 2021, temos dois princípios fundamentais. O marketing cada vez mais orientado para dados e o uso do growth. Eduardo ainda afirmou que, para as empresas mais maduras no mercado, esse com certeza será um ponto decisivo que merece bastante atenção.

Como deve ser o profissional de marketing do futuro? 

Não só na área de marketing , mas em toda a sociedade, o que cada vez mais se espera dos profissionais é a produtividade e a alta performance. E isso não é nenhuma novidade. 

Mas, segundo Eduardo Correia, isso vai em conflito com a parte da criatividade. E para ele é justamente a criatividade que nos dá a capacidade de resolver problemas.

“Eu acredito que o profissional de marketing cada vez mais deve ser criativo, buscar novas ideias e é importante destacar que esse não é um caminho fácil. Exige estudo e pesquisa para que você desenvolva esse tipo de criatividade”, completa.

Powered by Rock Convert

Com isso, podemos perceber que neste caso, não adianta ser  especialista em uma determinada área, se você não tem o conhecimento de toda a jornada, da experiência de compra do seu cliente. 

Neste caso, sairá na frente quem conseguir ser um profissional mais amplo e mais generalista no sentido de ter conhecimento de marketing, mas também conhecimento de sociedade, tecnologia e psicologia.

E como será o futuro que os profissionais de marketing irão encontrar?

Assim como em quase todas as áreas, no marketing não é diferente: é preciso buscar conhecimento sempre. Mas o profissional de marketing também precisa conhecer as novas metodologias e novas tecnologias. 

Se antes falávamos apenas de um marketing mais tradicional, seja por campanhas convencionais como o outbound ou mesmo campanhas de inbound marketing, hoje no mundo marketing está se falando de Growth Marketing e Account-Based Marketing, que são algumas novas metodologias que vão surgindo para melhorar aquilo que já existe.

Por isso, é tão importante estar preparado para acompanhar as mudanças que surgem ao longo do tempo. Quando falamos sobre ABM, por exemplo, falamos de uma estratégia de vendas, que está apoiada a marketing, estamos unindo novos departamentos e conhecimentos através de uma nova metodologia.

Eduardo também acredita que o profissional que entender as tendências que estão surgindo, que buscar novas tendências e acompanhar as tecnologias, com certeza sairá na frente.

Os erros mais cometidos durante uma estratégia de marketing

Também perguntamos para o Country Partner Manager da SharpSpring no Brasil, quais são os erros mais cometidos durante a aplicação das estratégias de marketing e como evitá-los.

Seguir fórmulas feitas

Para ele, o maior erro de todos é seguir fórmulas. Hoje no mercado existem muitas fórmulas, mas isso não significa que elas funcionem para todos os tipos de negócio.

Além disso, o maior problemas dessas fórmulas é que elas vendem uma ideia de que é muito fácil trabalhar com o marketing e com as suas metodologias. “E qualquer pessoa que trabalhe na área sabe que o marketing não é tão fácil como costumam dizer. É trabalhoso, exige pesquisa e muita criatividade”, finaliza.

Não conhecer verdadeiramente o seu público

Muitas empresas dizem ter um PCI (Perfil de Cliente Ideal) definido, mas se esquecem que, assim como os outros fatores mudaram, essa definição pode ter mudado também e deve ser atualizada. Definições como essa devem sempre ser revisitadas. 

Muitas vezes o seu modelo de negócio tem uma barreira de entrada muito baixa e você tem que reinventar o seu produto ou serviço e, assim como já falamos aqui, é necessário não ficar limitado a fórmulas feitas!

Não atualizar o banco de dados

Não atualizar os dados cadastrais é um erro muito comum e que enfraquece muito a sua base. Muitas vezes as pessoas trocaram de emprego, celular ou até mesmo de e-mail e com essa desatualização você perde muitas oportunidades. 

Faça sempre conteúdos e materiais de qualidade para que você possa enriquecer o seu banco de dados com frequência. Colete dados e faça isso de forma constante

“Muitas vezes, as empresa acreditam ter 20 mil leads dentro da base, mas daqueles 20 mil, apenas 2 mil estão atualizados e isso é um grande problema”, completa.

Dicas do especialista

Pedimos para o Eduardo que compartilhasse conosco mais algumas dicas para finalizar essa coletânea de boas práticas para profissionais de marketing. 

Em primeiro lugar, ele reforçou a necessidade se livrar das fórmulas de sucesso, as quais ele acredita que esse seja o principal erro cometido. Ele ainda acrescentou outro erro clássico que muitas empresas cometem que é fazer “mais do mesmo”, ou seja, fazer aquilo que todos os outros já estão fazendo. Fuja disso! 

Sabemos que no ambiente online todos querem fazer conteúdo. Ainda mais agora que tivemos um avanço por conta da pandemia. Cada vez mais as pessoas estão migrando para o online e, justamente por isso, de nada mais adianta produzir mais do mesmo

Assim você não irá ranquear na busca orgânica e a sua audiência provavelmente não dará a devida atenção para aquele conteúdo. Muitas vezes vemos nas empresas algumas estratégias de marketing como a produção de dois blogposts por semana, um e-book por trimestre, um webinar a cada semestre, mas não se esqueça o que a estrategista deve considerar. 

Em primeiro lugar, é fundamental entender a fundo o perfil de cliente ideal da sua empresa, isso pode ser feito através de pesquisas e entrevistas.

Mapeando isso, é necessário entender o que você pode entregar de material competitivo em conteúdo que o mercado não está fazendo, além de inovar em formatos para que você consiga brigar por audiência.

Capturar atenção hoje é muito difícil e você só vai conseguir isso através de um material diferenciado.

Não se trata apenas de desenvolvimento profissional, mas também de desenvolvimento pessoal

Muito além de apenas desenvolver as habilidades necessárias para ser um bom profissional, é preciso desenvolver outras competências tão importantes quanto as primeiras. 

“Se tivermos empatia, maior compreensão e vários outros requisitos e habilidades que temos como seres humanos e seres sociáveis em paralelo ao conhecimento em outras áreas, acredito que seja de onde a criatividade irá fluir”, ele acrescenta.

Para o gestor, muitas vezes temos que solucionar um problema, mas se estamos falando só de marketing e do ambiente empresarial em que estamos inseridos, acabamos encontrando sempre as mesmas soluções para problemas diferentes ou mesmo as soluções que vários outros profissionais do mercado já estão fazendo.

Quando enxergamos outras habilidades e aguçamos a criatividade, encontramos outras soluções para sermos pessoas diferenciadas no mercado.

“Mas não se engane, essa tarefa não é fácil! Como falar para alguém que ele deve ser criativo e buscar outras habilidades fora da sua área de atuação, sendo que isso exige tempo e estudo, desenvolvimento pessoal e não apenas profissional. Ao mesmo tempo em que se deve ser produtivo e apresentar alta performance?”, questiona Eduardo.   

Para finalizar ele reforça, que colocar isso em prática não é algo simples, mas necessário para quem deseja estar entre os melhores da sua área de atuação. É preciso pensar fora da caixa. 

Mas não se esqueça, muitas vezes a solução do seu problema não está na sua indústria, as vezes estará em um documentário que você vai assistir, ou em livro que você fará a leitura, enfim, as possibilidades são infinitas! 

Aproveite para participar da 1ª Semana de Marketing B2B! O evento é online e gratuito e acontece entre os dias 19 e 23 de outubro.  
Assine também a nossa newsletter para ser avisado sempre que surgir uma novidade.

Avatar

Ploomes Sistemas Empresariais

Sistema de automação da força de vendas.
CRM, Funil de vendas, Automação de Propostas e Pedidos de Vendas em um só lugar!

Comentar

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial