Blog da Ploomes
Três profissionais representando o perfil do vendedor de vendas simples

[GUEST POST] Saiba qual é o perfil do profissional de venda simples

Fazer uma venda não é uma tarefa fácil, não é mesmo? São inúmeros os fatores que podem influenciar o sucesso ou o fracasso da sua abordagem. Além disso, existem diferentes estratégias, técnicas e metodologias para serem aplicadas. Uma delas é a venda simples, um método conhecido e tradicional, mas que pode ser aprimorado com algumas mudanças.

Mas você sabe o que realmente é preciso para ter sucesso como um profissional de vendas simples? Pensando nisso, preparamos um artigo completo sobre o assunto para esclarecer as diferenças entre essa abordagem e as vendas complexas, o perfil ideal do vendedor e algumas dicas para ser ainda melhor. A seguir, vamos abordar os seguintes tópicos:

  • O que é uma venda simples?
  • Quais são as diferenças entre vendas simples e complexas?
  • Qual é o perfil do profissional de vendas simples?
  • Quais são as 6 dicas para ser um melhor profissional de vendas simples?

Quer saber como ser um melhor profissional de vendas simples? Continue a leitura deste artigo e descubra!

O que é uma venda simples?

Antes de qualquer coisa, é preciso entender do que se trata uma venda simples. Nada melhor do que um exemplo, não é mesmo? Imagine que você entrou em uma loja de artigos esportivos e um vendedor foi abordá-lo para saber o que precisa. Você citou os produtos que estava procurando, ele encontrou e você finalizou a compra após experimentar os itens.

Pronto, isso é uma venda simples. Sem nenhum histórico, sem saber quem era você, as suas preferências ou comportamento, a venda foi realizada.

A abordagem direta, sem análise prévia e com pouco tempo para convencimento são algumas das principais características dessa metodologia. Shoppings, lojas de rua e até mesmo quiosques são locais em que a venda simples é utilizada.

Quais são as diferenças entre vendas simples e complexas?

Também é importante entender quais são as diferenças entre as vendas simples e as complexas. Como o nome de cada uma delas indica, a segunda opção exige um cuidado e dedicação maior e por mais tempo.

Se você já ouviu falar em Inbound Marketing, já tem uma noção do que é uma venda complexa. Em vez de criar um contato na hora, se trata de um processo mais longo.

Normalmente, as vendas complexas são feitas com produtos de valores mais elevados, em especial no mercado B2B (Business to Business). Ou seja, não vai ser uma única abordagem o suficiente para convencer o cliente de fechar um negócio. Aliás, muitas vezes o cliente pode nem mesmo saber que ele tem um problema que precisa ser resolvido.

Sendo assim, a venda simples se caracteriza por ser um processo curto, rápido e nem sempre personalizado. Enquanto isso, as vendas complexas lidam com um público mais exigente e específico, além de demandar mais tempo do vendedor até que se consiga uma conversão.

Qual é o perfil do profissional de vendas simples?

Com essas diferenças estratégicas, é natural que o perfil do profissional de vendas simples também seja outro, certo? Uma característica essencial é a resiliência e a capacidade de se adaptar aos diferentes cenários que podem surgir durante uma negociação.

Por não ter muito tempo para se preparar, por exemplo, ouvir um “não” pode ser mais comum do que se imagina. Isso exige uma capacidade de comunicação e resposta também, já que é possível utilizar outros argumentos para mudar o cliente de ideia.

Saber utilizar alguns gatilhos mentais também é importante para um profissional de vendas simples que quer se destacar. Organização e dedicação são outras características que devem estar presentes em um vendedor que precisa lidar diretamente com os clientes.

Quais as 6 dicas para ser um melhor profissional de vendas simples?

Mas, na prática, o que pode ser feito para ser um melhor profissional de vendas simples? Confira algumas das nossas dicas!

1. Tenha comprometimento

Nenhum vendedor vai ter sucesso sem comprometimento. Uma venda pode ser fechada ou até mesmo um mês pode apresentar resultados positivos, mas isso não vai ser uma constante sem dedicação, planejamento e muito empenho.

Para ser um bom profissional, é preciso começar traçando metas, definindo as suas estratégias e focando as recompensas. Comprometimento significa entender o mercado em que atua, as necessidades dos seus clientes e se esforçar para conseguir os resultados.

Nenhuma venda vai ser fechada sem o seu empenho, por exemplo, em convencer o consumidor de que o seu produto ou serviço que está vendendo pode ser útil para ele. Para quem almeja o sucesso em longo prazo, essa dedicação é essencial.

2. Persista nas suas oportunidades

O mercado está repleto de oportunidades, mas você sabe como aproveitá-las? Parte desse trabalho consiste em persistir nas negociações e não desistir ao ouvir o primeiro “não”. Mas é preciso muito cuidado para não transformar essa ideia em teimosia — ou seja, insistir em uma negociação sem ter nenhum fundamento ou estratégia definida.

Powered by Rock Convert

Sendo assim, analise todas as suas oportunidades, defina quais são os clientes mais adequados para as suas soluções e persista na venda.

Crie um projeto com uma abordagem diferente, foque em apresentar as soluções que o seu produto ou serviço oferece para as dores de cada cliente, tenha argumentos que possam convencer o seu contato a fechar negócio.

3. Busque por conhecimento

Como nem sempre é possível ter muito tempo para apresentar uma proposta ao cliente, é preciso aproveitar cada oportunidade. Para que isso seja possível, a busca por conhecimento deve ser uma constante.

Enquanto uma estratégia de Marketing de Conteúdo vai educar o consumidor por um tempo até que seja abordado, a venda simples não oferece tanto tempo.

A busca por conhecimento é, portanto, essencial para causar uma impressão positiva nos clientes em potencial. Antes de apresentar uma proposta ou fazer uma abordagem inicial, é importante dominar o assunto por completo, para saber o que falar e não deixar dúvidas.

O aperfeiçoamento também pode acontecer nas estratégias de vendas utilizadas, como o rapport.

4. Ouça os seus clientes

Como ter sucesso sem entender o que é mais urgente ou importante para o seu público-alvo? Um vendedor que foca apenas em fazer uma venda sem ter nenhuma troca com o cliente dificilmente vai ter sucesso em longo prazo.

Mais do que oferecer as suas soluções e apresentar uma proposta, é importante se colocar à disposição para ouvir os consumidores.

A partir desse entendimento do que eles procuram, de quais são as suas principais dificuldades, se torna mais fácil direcionar os seus esforços. Seja para já ter uma solução em mãos, seja para reformular a sua abordagem e utilizar outra estratégia.

O feedback dos seus clientes é ideal para criar insights valiosos que sirvam como fonte para o seu planejamento estratégico.

5. Crie vínculos duradouros

Quando você se coloca à disposição para ouvir o cliente e criar um contato mais próximo, isso pode gerar inúmeros benefícios. O primeiro deles é a fidelização.

Quando um consumidor conhece, confia e já passou por uma experiência positiva comprando com um vendedor, as chances de ele retornar para uma nova compra são muito maiores. Além disso, a criação de uma relação mais estreita com o cliente permite o fortalecimento da sua reputação no mercado.

O famoso marketing boca a boca ainda é muito útil e pode criar uma série de oportunidades para o vendedor que souber criar esse vínculo mais duradouro. Em longo prazo, portanto, a venda simples pode aproveitar os benefícios das vendas complexas, citados acima.

6. Fique de olho nos erros para corrigi-los

Qualquer profissional, independentemente do segmento de atuação, vai cometer erros. Não é diferente quando falamos de vendas simples. A grande diferença é a forma como cada um vai lidar com as falhas ao longo do caminho. Por isso, sempre faça uma avaliação do seu trabalho para encontrar eventuais falhas e saber o que deve ser feito para corrigi-las.

Por mais que os seus resultados em vendas estejam positivos no período, o impacto dos seus erros pode ser em longo prazo. Sem essa autocrítica, a sua abordagem pode se tornar defasada, por exemplo.

E acredite: poucos são os consumidores que aceitam a repetição de certos erros. Para se manter competitivo, portanto, é preciso estar em constante evolução e o trabalho começa corrigindo erros.

Mesmo desafiador, é possível se tornar um profissional de maior destaque nas vendas simples. O crescimento de outras abordagens não tira a relevância dessa metodologia de venda, mas é preciso aprimorar as estratégias e o entendimento do que funciona e o que precisa ser melhorado. Seguindo algumas das dicas acima, os seus resultados podem melhorar consideravelmente.

Além das alternativas que apresentamos ao longo deste artigo, outras estratégias e abordagens podem ajudar a melhorar os seus resultados. O que acha, então, de conferir outras dicas e adicionar as 15 melhores estratégias de vendas para aumentar as suas conversões?

Powered by Rock Convert
Avatar

Ploomes Sistemas Empresariais

Sistema de automação da força de vendas.
CRM, Funil de vendas, Automação de Propostas e Pedidos de Vendas em um só lugar!

Comentar

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial