Blog da Ploomes
PME utilizando a tecnologia para continuar o trabalho durante a epidemia

42% das PME adotaram novas tecnologias por causa da pandemia

Nos últimos meses, a tecnologia deixou de ser uma ferramenta que apenas ajuda as empresas para se tornar peça-chave da economia. Por conta das medidas de isolamento, diversos negócios tiveram que fechar as portas ou, ao menos, se adaptar ao novo cenário. 

Alguns restaurantes que atendiam presencialmente, por exemplo, passaram a fazer delivery. Ainda que as encomendas não fossem tão frequentes quanto antes, essa medida permitiu que os empresários continuassem com os negócios de pé

Assim, de uma hora para outra, muitas organizações tiveram que se reinventar, sem terem tanto tempo para pensar no que fazer. Segundo pesquisa da Microsoft, 42% das PME (Pequenas e Médias Empresas) aceleraram o processo tecnológico durante a pandemia.

Ou seja, mesmo quem não estava preparado ou pensando em fazer mudanças tão cedo precisou correr contra o tempo para não perder as oportunidades. 

Como as empresas brasileiras estão se digitalizando?

O levantamento apontou ainda quais foram as principais mudanças que as pequenas e médias empresas fizeram no sentido de se tornar mais tecnológicas. O uso de aplicativo para vídeo conferência foi o mais citado, com 66% dos entrevistados.

Por conta da distância dos profissionais, realizar videochamadas se tornou a única opção em boa parte das empresas.

Vale notar que o formato é mais vantajoso do que uma ligação comum, uma vez que permite que os colaboradores se vejam pela câmera, troquem documentos e até realizem apresentações. 

Mesmo que as chamadas virtuais não se comparem com as presenciais, elas podem ser interessantes alternativas para quando não é possível reunir todos em um só ambiente.

Por meio desses encontros, os gestores podem compartilhar informações, saber o que cada colaborador está fazendo, participar de reuniões com clientes e muito mais. 

E-book: guia de integração entre erp e crmPowered by Rock Convert

Além disso, 55% dos entrevistados apontaram que precisaram começar a usar a nuvem e softwares de trabalho remoto. A nuvem consiste no ambiente virtual, onde é possível acessar e compartilhar informações sem precisar baixar qualquer programa. 

Para as empresas, usar as ferramentas que estão na nuvem garantem muitas vantagens, como já foi divulgado no Portal Exame.

Entre elas estão redução de custos, facilidade de gerenciar dados, aumento do compartilhamento de informações e até mais segurança, pois os documentos ficam disponíveis em servidores remotos.

Então, mesmo que um computador tenha problemas e se torne indisponível, o restante da equipe continuará tendo acesso ao que está em plataformas digitais. 

Já os softwares de trabalho remoto podem ser de diferentes tipos. Há ferramentas para o cadastro de tarefas, ponto online, gravação de apresentações de tela e muito mais.

A tecnologia já provou que quase tudo o que é feito em um escritório pode ser realizado a distância, desde atividades, dinâmicas e reuniões. 

Por isso, 82% dos empresários pretendem continuar usando novas tecnologias quando a pandemia passar. Vale notar que, mesmo as ferramentas que foram adotadas agora podem ser usadas depois.

Por exemplo: ainda que a equipe volte a se unir em um único espaço, os encontros com clientes que estão em outras cidades poderão ser feitos por videochamadas, otimizando tempo e custos. 


Dessa forma, apesar de todos os desafios que a pandemia impôs a todo o mundo, ela ajudou a acelerar inovações que as empresas vinham adiando – ou não pensavam em fazer tão cedo.

A partir de agora, a expectativa é que as pequenas e médias organizações utilizem a tecnologia para melhorar processos, expandir o alcance dos negócios e lucrar mais.

Ploomes Sistemas Empresariais

Ploomes Sistemas Empresariais

Sistema de automação da força de vendas.
CRM, Funil de vendas, Automação de Propostas e Pedidos de Vendas em um só lugar!

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Facebook
Facebook
YouTube
LinkedIn
Instagram
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial