Blog da Ploomes
Vendedora utilizando recursos visuais para vendas B2B

Como usar recursos visuais para vendas B2B

Clientes B2B são totalmente diferentes dos consumidores individuais, e tratá-los da mesma maneira não vai trazer o engajamento e as conversões que você deseja conquistar. 

Profissionais de marketing podem contar com um plano de gerenciamento de negócios para engajar clientes em potencial e utilizar recursos visuais para vendas B2B é um excelente caminho.

4 dicas para alcançar o público B2B 

Crie personas visuais

O público B2B é totalmente diferente do público B2C. Normalmente suas compras têm um volume grande e periodicidade recorrente. Além disso, o processo de conversão tende a passar de forma mais lenta por cada etapa do funil de vendas antes que eles definam uma compra com um novo parceiro. 

Além de influenciar o público que vai usar o seu produto, muitas vezes é preciso mostrar a outras pessoas envolvidas no processo de compra porque devem escolher a sua empresa. 

Com alguns deles você vai precisar se comunicar de maneira mais corporativa e formal, para outros o foco pode ser algum benefício financeiro de longo prazo ou como a sua solução vai otimizar processos e melhorar o desempenho das equipes. 

Por isso, não é possível alcançar efetivamente os usuários B2B sem focar no setor responsável correto. É por isso que os profissionais de marketing para produtos voltados a clientes B2B precisam usar um organograma para definir e segmentar o público-alvo interno das empresas que desejam atingir.

Uma vez feito esse organograma, é possível começar a definir o tom da sua comunicação e os canais mais adequados para impactar o seu público. 

Dentro das organizações, o consumidor final é quem vai de fato usar o seu produto ou serviço. Mas por que eles iriam recomendar a sua empresa e não alguma outra aos seus gestores? Você deve entender as necessidades desses usuários antes de começar a sua campanha de marketing. 

Para ter um entendimento amplo do que eles querem e precisam, faça pesquisas, análises de mercado e da concorrência. Com as informações em mãos, você pode começar a criar personas mais precisas, acertar o foco da sua comunicação e atrair os clientes que você definiu como importantes.

Por isso, os recursos visuais para vendas B2B são ótimos, pois ajudam a criar personas mais detalhadas, de forma rápida e fácil de apresentar às equipes de marketing. Veja no exemplo abaixo como uma representação visual ajuda a fornecer dados precisos sobre uma persona de forma fácil de captar:

Newsletters

Muitos profissionais podem ter passado a focar todos os seus esforços em outras formas de comunicação, mas a newsletter ainda é uma ferramenta muito útil e com um ROI muito superior ao Facebook, por exemplo. 

Na verdade, o email é 40 vezes mais eficaz na aquisição de clientes do que o Facebook e o Twitter combinados.

O e-mail marketing é algo que todos precisam usar da melhor maneira possível. Uma forma de fazer isso é explorando os recursos visuais para vendas B2B, com o objetivo de comunicar de forma mais rápida, clara e memorável o seu público. 

O tempo é escasso, e textos descritivos podem acabar cansando ou entediando o seu leitor, o que vai fazer com que sua mensagem não seja assimilada. Usar templates para criar newsletters vai otimizar o processo de criação dos seus e-mails, permitir uma periodicidade mais constante e um conteúdo mais atraente para o leitor. 

Veja no exemplo abaixo como esse modelo personalizável transmite informações de forma rápida e visualmente interessante:

O ideal é manter a constância de envios com uma periodicidade que não seja cansativa para o seu leitor e sempre enviar apenas conteúdo relevante para ele.Nessa hora novamente vale apostar em recursos visuais para vendas B2B. Você pode conseguir isso usando ferramentas de segmentação de mailing. 

Assim, você evita enviar mensagens que não façam sentido para a sua base de contatos, o que poderia levar ao cancelamento de inscrições ou, pior ainda, ser marcado como spam e comprometer todas as suas campanhas. 

Otimize o seu blog

Usar um blog para educar o mercado, criar confiança do público no seu expertise e mantê-lo em contato com a sua empresa é uma ação que não pode ser desprezada, seja o seu foco consumidores individuais ou B2B. 

Além da comunicação em si, criar um blog com conteúdo de valor para os leitores vai fazer com que o seu site tenha um melhor rankeamento nos mecanismos de busca, por ser um aspecto fundamental para o SEO. 

E ser encontrado de forma orgânica no Google costuma gerar muito mais confiança do que ser visto através de anúncios pagos, porque é uma recomendação de que o seu site é importante, e não que ele está pagando para vender um produto. 

Como foi dito antes, os recursos visuais para vendas B2B possuem um poder de engajamento que torna as informações mais atraentes e fáceis de entender. Se você quer que o leitor permaneça mais tempo no seu blog e retorne no futuro, não deve contar apenas com textos para isso. 

Veja essas estatísticas sobre marketing visual que respaldam com dados esse efeito dos recursos visuais no engajamento:

Aqui você pode usar os recursos visuais para vendas B2B das mais diversas maneiras: para dar dicas sobre como usar os seus produtos, comparar as opções que você oferece ou criando conteúdo relacionado à sua área de atuação ou a do seu público-alvo. 

Você pode apresentar estatísticas através de um infográfico estatístico, como este abaixo, ou mesmo utilizar dados, estudos de caso e diversos materiais para entreter e informar o seu público.

Por exemplo, se a sua empresa vende soluções para RH, faz sentido criar conteúdo que apresente informações relevantes para esses profissionais, mesmo sobre assuntos que não fazem parte das soluções que você oferece. 

Além disso, o blog é uma ferramenta que vai dar suporte às suas ações de e-mail marketing. Você pode oferecer conteúdos exclusivos, como e-books ou guias, e aproveitar para pedir ao leitor que forneça os seus dados em troca. 

Assim, a estratégia de marketing de conteúdo deve ser abrangente e ter as suas diversas ações conectadas, dando suporte umas às outras. 

Explore os benefícios do seu produto

Empresas giram em torno dos seus produtos e serviços, ou seja, o que elas fazem e como fazem. Essa é a base dos seus esforços de marketing. 

E não é de surpreender que os profissionais de marketing muitas vezes se detenham nos detalhes, como os recursos visuais para vendas B2B, já que as especificações que os desenvolvedores dos produtos compartilham são atraentes e proporcionam ótimos materiais promocionais.

Mas se você der um passo atrás e analisar a forma como você está promovendo e vendendo produtos você pode acabar percebendo que não está oferecendo valor aos seus potenciais clientes B2B. Então, ao invés de destacar os aspectos do produto em si, tente chamar atenção para o que você pode fazer por ele. 

Pergunte-se se o seu produto resolve os problemas do usuário, como ele agrega valor às atividades e beneficia quem precisa dele. Afinal, seu plano de gestão de projeto deve incluir esses aspectos do seu produto que podem ser destacados em materiais de marketing no futuro.

Avatar

Ploomes Sistemas Empresariais

Sistema de automação da força de vendas.
CRM, Funil de vendas, Automação de Propostas e Pedidos de Vendas em um só lugar!

Comentar

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial