Blog da Ploomes
Equipe trabalhando para integrar o crm ao erp

Por que integrar o CRM de vendas ao ERP?

Se você conta com um CRM de vendas em sua operação comercial ou planeja contratar a ferramenta, é provável que faça parte do seu projeto integrá-lo ao seu ERP. 

Ainda que esta não seja sua prioridade inicial, entender as possibilidades e os esforços envolvidos é primordial para que você não tenha surpresas mais adiante, afinal, integrar o CRM de vendas ao ERP irá te salvar inúmeras horas de retrabalho. 

Por isso, continue a leitura deste artigo. Aqui vamos entender todos os passos envolvidos no planejamento de uma integração e capacitá-lo a preparar todos os recursos necessários para que o projeto tenha um resultado positivo. Vamos lá?

Ainda não sabe o impacto da centralização de dados em uma operação comercial? Então confira este guia completo e fique por dentro do assunto.

Diferenças entre o CRM e o ERP 

Se você chegou até aqui, é provável que já saiba o que é um ERP (Planejamento de Recursos Empresariais) e também o que é um CRM (Customer Relationship Management), não é mesmo? 

Mas você sabe realmente quais são as diferenças entre cada uma dessas soluções? Vamos entender isso melhor! Esse deve ser o primeiro passo para integrar o CRM de vendas ao ERP. 

Para começar, podemos entender que a principal diferença entre um ERP e um CRM é o fato de que o ERP tem como principal objetivo agir nas tarefas mais administrativas e financeiras de uma empresa. 

A plataforma é utilizada para gerir o controle de compras e contas, além de ser requisito para emitir notas e promover o controle de estoque. Ou seja, podemos entender que o principal objetivo dessa ferramenta é integrar os diferentes departamentos de um negócio e assegurar o bom funcionamento das rotinas operacionais. 

Já o CRM tem como principal objetivo garantir a gestão de relacionamento com o cliente e também a gestão de vendas. 

Assim é possível oferecer o melhor atendimento ao público e compreender as verdadeiras necessidades dos clientes, fazendo com que os processos comerciais sejam mais lucrativos para o negócio e satisfatório para os consumidores.

Vale a pena integrar o CRM ao ERP ou não? 

Equipe trabalhando para integrar o crm ao erp

A maioria das empresas começa a buscar uma solução de CRM ao perceber que sua equipe comercial rejeita o ERP utilizado ou que este deixa de atender as necessidades de gestores e vendedores, seja pela falta de recursos ou pela sua complexidade. 

Outro fator é que, no ERP, o processo é iniciado somente quando um vendedor insere um orçamento ou pedido de venda. Ou seja, não há nenhuma visibilidade ou inteligência sobre o processo de aquisição e fechamento da venda.

Contudo, o vendedor precisa do ERP para cálculos de impostos, regras de preço, entre outros. Ou seja, ele ainda é dependente de alguns fatores da plataforma. 

Justamente por isso é importante integrar o CRM de vendas ao ERP. Afinal, as funcionalidades de um sistema podem ser acessadas pelo outro sem que a equipe precisa usar ambos. 

Ainda assim, algumas empresas tentam forçar o uso das duas ferramentas em paralelo pela equipe de comercial e rapidamente esbarram em problemas como:

  • Inserção de dados redundantes no CRM e ERP, causando insatisfação na equipe pelo retrabalho e consequente queda de produtividade; 
  • Erros na transferência manual de informações de um sistema para o outro; 
  • Falta de engajamento no uso do CRM; 
  • Aumento da complexidade na necessidade de manutenção de duas bases de clientes, produtos, orçamentos, pedidos, etc. 

O propósito da integração é resolver cada um desses problemas, centralizando o trabalho do vendedor no CRM e garantindo que todos os dados estejam sempre sincronizados e coerentes dentro das duas plataformas. 

E-book: guia de integração entre erp e crmPowered by Rock Convert

Por que trabalhar com o ERP e o CRM juntos?

Como pudemos perceber, usar soluções em paralelo não é benéfico para a operação de uma empresa. Então integrar o CRM de vendas ao ERP é muito importante para a rotina de qualquer empresa. 

Os benefícios dessa integração não se limitam apenas à área comercial, mas às diversas áreas de uma empresa. Veja alguns exemplos abaixo:

Melhoria no atendimento e aumento da conversão

Todo o relacionamento com leads e clientes é otimizado e melhor organizado, porque agora as informações estão centralizadas. 

Assim, a integração proporciona mais eficiência e bons resultados para as equipes diretamente responsáveis por esse contato. Afinal, toda a parte administrativa e estratégica do negócio estarão operando juntas. 

Agilização das entregas

Imagine uma indústria onde os pedidos são realizados no departamento comercial que rapidamente encaminham as solicitações para o estoque enquanto dão andamento aos próximos passos da entrega dos produtos solicitados na determinada operação. 

Agora pense como esse processo seria pouco intuitivo e otimizado se cada processo necessário para a conclusão da compra fosse feito de forma individualizada e replicados para que ambos os sistemas estejam atualizados. Seria uma perda de tempo, não?  

Ao integrar o CRM de vendas ao ERP, os pedidos e ordens de serviço são enviados de forma automática, sem que alguém precise ficar replicando informações. Isso também evita que os vendedores precisem aprender a usar o ERP para fazer esses cadastros.

Informações mais confiáveis

Como o fluxo de informações se torna mais confiável, o setor financeiro consegue acompanhar as negociações e entender as movimentações geradas pelo setor comercial.

Além disso, a integração garante mais segurança ao garantir que apenas as pessoas corretas tenham acesso aos dados necessários, evitando que terceiros vejam informações das movimentações da empresa.

Otimização dos processos internos

Como você sabe, uma venda não é simplesmente a oferta de um produto ou serviço. Muitos processos internos e também externos acontecem para que a empresa possa confirmar a venda.

Ao integrar o CRM de vendas ao ERP, a equipe de vendas também ganha com o maior conhecimento sobre os processos internos, entendem muito melhor as definições e acertos de precificação, por exemplo, além de utilizarem toda a bagagem do negócio para potencializar sua maneira de apresentar as soluções aos clientes. 

Já os gestores e diretores ganham uma visão mais ampla e esclarecedora do negócio. Já que com este panorama os dados de cada processo ficam mais visíveis e confiáveis. Assim, as lideranças podem formular estratégias mais eficientes e assertivas. 

Conclusão 

Agora você já sabe os motivos e os principais benefícios que integrar o CRM de vendas ao ERP, pode trazer para um negócio, não sabe? Então se você ainda não utiliza todo o potencial que as soluções de CRM e ERP proporcionam aos usuários, mude isso já!

Seus sistemas estão integrados? Utiliza apenas um? Seja qual for o momento do seu negócio, a integração entre as duas plataformas como você viu ao longo deste artigo traz excelentes resultados e otimizações para o dia a dia de quem atua com as vendas e a gestão dos negócios.

Continue de olho em nosso blog e fique por dentro do universo das vendas complexas e das operações que o CRM otimiza. Saiba mais sobre a Ploomes, a maior empresa de CRM da América Latina, falando com um de nossos consultores. 

 Assine também nossa newsletter e receba em primeira mão conteúdo exclusivo!

Ploomes Sistemas Empresariais

Ploomes Sistemas Empresariais

Sistema de automação da força de vendas.
CRM, Funil de vendas, Automação de Propostas e Pedidos de Vendas em um só lugar!

2 comentários

Siga-nos nas redes sociais

Facebook
Facebook
YouTube
LinkedIn
Instagram
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial