Blog da Ploomes

5 Aspectos que diferenciam multinacionais de Startups

Recentemente tive a oportunidade profissional de mudar do ambiente de uma Multinacional para uma Startup. Como você pode imaginar, são experiências muito distintas.... Leia mais

Como conseguir clientes com Ticket Médio maior? 4 razões pelas quais o Account-Based Marketing funciona.

Há muito, muito tempo atrás, em um período conhecido como “os anos 2000”, os profissionais de marketing estavam obcecados em lançar “redes de pesca” enormes na esperança de atrair o máximo possível de leads. Você entenderá o conceito de rede durante o texto.... Leia mais

5 Tendências do Inbound Marketing em 2019

Uma Breve Visão do que é o Inbound Marketing

O Inbound Marketing é um conjunto de estratégias que tem como premissa se adaptar à jornada de um determinado público, atraindo pessoas realmente necessitadas ou interessadas na aquisição de um bem ou serviço. ... Leia mais

CategoriaMarketing

Ferramentas essenciais para uma gestão eficiente

6 ferramentas essenciais para uma gestão eficiente de sua empresa

Desde a popularização do computador pessoal na década de 80, a inovação tecnológica revolucionou quase todas as formas de trabalho. Se tudo isso começou com a necessidade de automatizar tarefas repetitivas, calcular de forma mais rápida e guardar informações digitalmente, hoje a tecnologia possui um papel muito maior e abrangente.... Leia mais

Você sabe o que são métricas de vaidade?

Você já ouviu falar em métricas de vaidade? Tratam-se de KPIs (Key Performance Indicator) que demonstram, muitas vezes, números incríveis acerca de seu negócio, porém, raramente agregam para o crescimento da marca ou melhoria dos processos. Essa falsa visão de sucesso pode, até mesmo, prejudicar o entendimento real da situação de uma empresa, pois acaba camuflando números não tão bons, os quais o gestor deveria se ater. Neste post, falaremos um pouco mais sobre essa armadilha e como evitá-la. Confira!

Métricas de vaidade

Medições, informações coletadas pelos profissionais da empresa que não agregam na gestão e resolução de problemas do negócio. Na maioria dos casos, esses números estão relacionados a algum processo que está indo muito bem, mas não reflete verdadeiramente a real situação, apenas infla o ego do gestor. Quase todas elas devem ser acompanhadas, é verdade, mas o que torna uma métrica considerada comum em vaidade é quando o gestor ignora outros pontos para focar apenas naquela informação, que parece estar ótima, enquanto outras demonstram que não. Isso acontece muito quando falamos em gestão de redes sociais, porém, pode ocorrer também com qualquer outra métrica envolvida nos mais variados setores de uma empresa.

Tipo de métricas

Reunimos alguns exemplos simples de como algumas métricas, quando observadas de forma isolada podem enganar, demonstrando algo que não existe.

Likes e reações nas redes sociais

A menina dos olhos de muitos gestores é o número de likes e outras reações, dependendo da rede social, contudo, boa parte dos usuários nem ao menos abre o conteúdo na hora de aplicar um “gostei”, o que leva a menos acesso aos seus posts.

Números de downloads de um app

Ao disponibilizar um novo app, muitos gestores podem fixar exclusivamente no número de downloads, mas você sabe quantos usuários estão realmente utilizando o recurso? Essa métrica pode vir acompanhada de um alto número de rejeição.

Geração de leads

Essa métrica costuma ser o principal objetivo do setor de marketing. No entanto, é preciso que esses consumidores possam ser convertidos pela área de vendas para que o número possa realmente trazer alguma vantagem para a empresa.

Número de cliques

O número de cliques em sites, blogs e conteúdo é importante, mas, junto a ele, também temos outras métricas a serem analisadas para obter uma visão melhor sobre o comportamento do cliente, como o tempo de permanência em página.

Métricas importantes

Todas as métricas têm sua importância e cabe a você decidir, de acordo com sua empresa e suas demandas, quais são os números que devem ser medidos e acompanhados para identificar o cumprimento de seus objetivos. Contudo, é preciso estar atento e lembrar-se de que todas as métricas têm de ser avaliadas em conjunto com outras que demonstrem, de forma consistente, que as metas estão sendo alcançadas. Caso contrário, todos os números positivos serão apenas métricas de vaidade e não retratarão a situação real da empresa. É preciso tomar cuidado para não cair nessa armadilha. Gostou do post? Então, não perca nenhuma de nossas publicações e receba conteúdos incríveis diretamente em seu e-mail assinando agora mesmo nossa newsletter!... Leia mais

Vendas e marketing: como integrar os dois setores?

Os setores de vendas e marketing podem tirar proveito um dos números gerados pelo outro, mas, muitas vezes, existe uma dificuldade em integrar as duas equipes e seu conhecimento. Manter esses dois times em sintonia e trabalhando juntos pode ser a chave para o sucesso de sua empresa e a conquista e fidelização do maior número possível de clientes. Caso você esteja com problemas para conseguir essa integração, este post é para você. Vamos demonstrar qual a importância dos dois setores trabalharem juntos e como é possível fomentar essa parceria. Continue conosco e confira!

A integração entre vendas e marketing

Os dois setores diretamente envolvidos no sucesso comercial de uma empresa são o marketing e a área de vendas, o que muitas vezes pode começar a criar um sentimento de rivalidade entre eles. Esse tipo de situação é extremamente incômoda e pode prejudicar os números da empresa. É preciso investir na integração entre os dois times, pois eles são engrenagens fundamentais de uma mesma máquina. Sem os leads gerados pelo marketing, o setor de vendas não poderia fechar contratos. Da mesma forma, de nada adiantaria atrair diversos clientes caso não fossem fechados acordos. Para que uma empresa seja rentável, não basta que cada setor faça seu trabalho de forma individualizada e com competência, é preciso que haja um intercâmbio de informações e colaboração.

As dicas de integração

Vamos listar algumas dicas importantes que você pode utilizar para fomentar a integração entre suas equipes.

Crie uma visão de público-alvo

Em muitas empresas, a criação do público-alvo é realizada de forma individual por cada um dos times, sem consultar o outro, o que pode prejudicar na hora do fechamento de contratos. O marketing acaba por atrair um determinado lead que não é considerado ideal pelo setor de vendas e, então, se iniciam os conflitos. O ideal é que a formação do conceito de público-alvo seja realizado em conjunto.

Defina objetivos em conjunto

A definição de um objetivo único também é outro ponto que deve ser trabalhado entre as duas equipes, para que ambas possam focar em alcançar metas dentro de uma mesma visão.

Utilize um CRM integrado

O CRM é uma poderosa ferramenta para trabalhar com os dados gerados pelos clientes em todos os seus contatos com sua empresa. Utilizar o mesmo sistema para as duas equipes permite que ambas tenham acesso às informações cadastradas pelo outro time e melhore seu conhecimento acerca de clientes.

Melhore a comunicação

Um dos principais pontos para uma integração eficiente entre as equipes de marketing e vendas é a comunicação. É preciso criar um canal direto e de livre acesso para que os profissionais possam trocar ideias livremente, no âmbito da empresa.

O conceito de vendarketing

Ao realizar uma integração total entre os dois times, podemos ter uma simbiose tão grande a ponto de criar o vendarketing, um termo cunhado para conceituar um ótimo envolvimento entre os dois setores. Esse é o cenário ideal, no qual cada uma das equipes realiza suas atividades sempre orientada pelas informações geradas pelo outro time. Os setores de vendas e marketing são essenciais para o sucesso de uma empresa e sua integração é necessária para que os resultados obtidos possam ser ainda maiores. Gostou deste post? Então confira nosso próximo texto e entenda porque a automação é essencial para o seu negócio!... Leia mais

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial