Como usar conteúdos interativos para aumentar as vendas B2B

Conteúdo interativo é qualquer tipo de conteúdo que incentiva o usuário a participar ativamente. Ao contrário dos formatos de conteúdo passivos, como postagens de blog, eBooks, guias e […]
Henrique
30/11/2021 | 8 min
aumentar as vendas B2B

Conteúdo interativo é qualquer tipo de conteúdo que incentiva o usuário a participar ativamente. Ao contrário dos formatos de conteúdo passivos, como postagens de blog, eBooks, guias e white papers, entre outros, o conteúdo interativo exige atenção e participação do usuário.

Um bom exemplo são os quizzes. Desde “qual celebridade eu pareço?” até “em que cidade você deve morar?” questionários são divertidos, e todos nós já fizemos em algum momento. 

Esse é um exemplo de conteúdo interativo que pode servir para obter informações do seu público-alvo e educá-lo a respeito de temas relacionados a produtos e serviços que você oferece.

De acordo com um estudo da Demand Metric, 90% acreditam que o conteúdo interativo é eficaz para educar os compradores, tornando-o uma maneira diplomática de envolver os visitantes do site e impulsionar as vendas B2B e B2C.

O conteúdo interativo, quando bem feito, pode ajudá-lo a:

  • Educar os compradores
  • Aumentar o envolvimento do cliente
  • Gerar conversões
  • Diferenciar a sua marca 
  • Extrair insights valiosos do cliente

Digamos que você queira comprar cadeiras de escritório para a sua empresa.

Cenário 1: você encontrou uma postagem de blog sobre tipos de cadeiras.

Cenário 2: Você se depara com um questionário no site que visa encontrar a cadeira mais confortável dentro do orçamento que você possui.

Qual deles provavelmente se converterá em vendas? As chances são a segunda. Ele não apenas consegue chamar a atenção e mantê-lo engajado, mas também fornece uma solução personalizada.

Moral da história: maior envolvimento do cliente leva ao aumento das vendas.

Por isso, vamos ver sete tipos de conteúdo interativo para atrair e engajar o seu público B2B.

1. Crie infográficos interativos

Os infográficos são uma combinação de recursos visuais e texto. Eles ganharam popularidade devido ao formato atraente, envolvente e altamente compartilhável que possuem. Para potencializar essas características, adicione interatividade aos seus infográficos. 

Eles podem ser criados para educar os compradores, fazer comparações, destacar um processo ou até mesmo transmitir dados complexos em um formato fácil de digerir. A melhor parte sobre eles é que permitem que as pessoas assimilem as informações em seu próprio ritmo.

Os infográficos interativos despertam o interesse, criam uma experiência envolvente e deixam o público com lições valiosas.

Aqui estão alguns elementos interativos que você pode adicionar aos seus infográficos:

  • Recurso de rolagem
  • Passe o mouse e clique
  • Adicione questionários, enquetes, pesquisas ou vídeos
  • Selecionar as seções do infográfico para ver informações relevantes
  • Revelar caminhos de decisão determinados pelas informações do usuário

Dê uma olhada neste infográfico interativo da Mariott para promover um hotel em Scottsdale. Ele sugere atividades locais com base nas respostas dos usuários. 

Fonte

Esse tipo de infográfico vai se tornando um fluxograma à medida que o usuário vai selecionando as alternativas. Caso o usuário selecione todas as alternativas, o resultado será um fluxograma.

2. Escreva páginas interativas de detalhes do produto

Quando as pessoas entram em uma loja física, elas podem tocar, sentir e experimentar os produtos. Isso não é possível na internet. E é aí que entram os conteúdos interativos novamente.

As descrições e os recursos visuais precisam ser capazes de vender seus produtos. Na verdade, 87% dos compradores consideram o conteúdo do produto extremamente ou muito importante ao decidir comprar.

As descrições do produto geralmente incluem algumas frases que descrevem os recursos e benefícios do produto. Eles devem informar os visitantes do site sobre o produto e persuadi-los a comprar.

Esse tipo de descrição cumpre um papel, mas e se personalizarmos essa seção para o público-alvo?

Quando você cria um senso de interatividade, você diminui a distância que existe entre conhecer um produto de forma presencial e online. Então ao invés de apenas ler descrições e ver imagens, os stakeholders que você quer atingir podem interagir com o seu produto e entender melhor como ele funciona. 

Desde modelos 3D e imagens 360 graus até ferramentas para customizar e encontrar atributos, há muitas formas de criar uma página de detalhes do produto que não apenas educa o público mas também ajuda a seguir a jornada de compra mais facilmente. 

Aqui está um exemplo de página de produto interativa da Bagigia. Esta página permite que os usuários vejam o produto sob todos os ângulos e revelam atributos que uma página tradicional não poderia apresentar.

3. Envie e-mails interativos

Emails de vendas são quase previsíveis. Eles promovem uma venda, revelam novos produtos ou enviam lembretes de abandono do carrinho.

A questão é: como você faz com que seus assinantes realizem a ação desejada depois de ler o seu e-mail?

Enviar e-mails interativos pode ajudá-lo a se destacar em uma caixa de entrada lotada e aumentar o engajamento. Além de apenas direcionar o tráfego para sua página de destino, os e-mails interativos podem ser usados ​​para surpreender os assinantes e fazer com que eles se envolvam com sua marca.

Use um criador de e-mail para criar modelos de e-mail visualmente atraentes e adicionar elementos interativos como:

  • Dados para ver os produtos de vários ângulos
  • Efeito de foco para revelar as descrições dos produtos
  • Questionários, pesquisas e enquetes interativos
  • Insira avaliações e comentários
  • Percorra várias imagens em um carrossel
  • Incorporação de vídeo interativo

Ao criar e-mails interativos, é aconselhável fornecer imagens estáticas também para que as pessoas que não podem acessar os elementos interativos ainda possam ver as imagens.

Certifique-se de não adicionar muitos elementos interativos, pois isso aumentará o tamanho do e-mail, dificultando o carregamento.

Aqui está um exemplo de um e-mail interativo de Bose. Ele pede aos destinatários que “raspem” a seção cinza para revelar quanto economizarão na Black Friday. 

4. Crie vídeos interativos

Qualquer pessoa que assistiu “Black Mirror: Bandersnatch” da Netflix concordará que essa experiência é envolvente. O filme coloca os espectadores no controle de como a trama se desenrola. Com cinco finais principais e mais de um trilhão de combinações de histórias, Bandersnatch conquistou as redes sociais.

Este é um exemplo de vídeo interativo de sucesso – e a boa notícia é que você também pode usar a mesma estratégia para impressionar os stakeholders das empresas com as quais você quer fechar parcerias.

Todos nós estamos cientes do poder que o vídeo marketing possui. Adicione interatividade a essa ferramenta e ela só ficará mais impactante.

Ao contrário dos vídeos tradicionais que seguem um caminho de história, os vídeos interativos permitem que os espectadores decidam o curso da ação. Por isso, os vídeos interativos são mais envolventes e divertidos do que os tradicionais.

As marcas podem usar vídeos interativos para criar uma experiência personalizada para o espectador. É importante criar esses vídeos com um propósito para envolver o espectador e persuadi-lo a fazer uma compra no processo.

Aqui estão os diferentes tipos de vídeos interativos que você pode criar:

  • Vídeo que pode ser comprado: permita que os espectadores cliquem nos produtos, obtenham informações sobre os produtos e façam compras.
  • Caminhos ramificados: crie várias histórias e desvende-as com base nas escolhas do espectador.
  • 360 graus: dê uma perspectiva multidimensional.
  • Questionário: incorpore um questionário interativo ao vídeo.
  • Permita que os usuários insiram informações durante o vídeo.

5. Calculadoras

Todas empresas precisam de soluções, então pense em como você pode fornecer soluções personalizadas para seu público B2B. Calculadoras interativas são um tipo de conteúdo que pode ajudá-lo a conseguir isso.

Uma ferramenta interativa exige que os visitantes do site insiram dados e fornece uma resposta personalizada instantaneamente. Além de envolver os usuários, as calculadoras interativas também fornecem acesso a informações e dados valiosos que podem ser usados ​​para inspirar seus esforços de marketing e ajustes no seu plano de negócios.

Por exemplo, digamos que você esteja oferecendo várias opções de personalização em um produto. Você pode criar uma calculadora interativa que oferece um preço exato, dependendo das opções escolhidas pelo usuário.

Aqui estão alguns tipos de calculadoras interativas:

  • Calculadora ROI
  • Calculadora de desconto
  • Calculadora de preços
  • Calculadora de economia
  • Calculadora de investimento

Dê uma olhada neste exemplo de calculadora interativa por Walls and Floors. Eles criaram uma calculadora de ladrilhos para ajudar as pessoas a calcular o número de ladrilhos de que precisam para o piso. 

6. Inicie quizzes e checklists interativos

Lembre-se de que nem sempre é preciso ir direto ao ponto. Oferecer entretenimento e gerar engajamento pode atrair a atenção para a sua empresa e gerar leads que podem fechar vendas no futuro. E é exatamente isso que torna os questionários tão eficazes e promovem o envolvimento do usuário, aumentando o tempo de permanência no seu site.

Você pode usar quizzes para:

  • Aumentar as listas de e-mail
  • Gerar leads qualificados
  • Fornecer recomendações personalizadas
  • Extrair insights do cliente
  • Gerar conversões

Considerando a diminuição da capacidade de atenção e a falta de tempo que as empresas enfrentam, é importante criar questionários que possam ser concluídos em pouco tempo. Certifique-se de escolher um título intrigante que capte a atenção e desperte o interesse dos usuários. 

Além dos questionários, oferecer listas é um ótimo recurso para gerar simpatia pela sua marca. Os infográficos de checklist são ótimos para educar o público de forma rápida e divertida, mostrando tarefas que devem ser realizadas, produtos que devem ser adquiridos para uma determinada tarefa ou mesmo ajudar em processos internos.

Conclusão: impulsione as vendas B2B com conteúdo interativo.

O conteúdo interativo envolve muito mais do que apenas gerar engajamento. Uma estratégia de conteúdo inteligente pode ajudá-lo a impulsionar as vendas B2B.

Portanto, analise seus objetivos de negócios e veja como você pode criar conteúdo interativo significativo que oferece uma experiência envolvente e mantém seu público envolvido, ao mesmo tempo que agrega valor a eles.

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba novos conteúdos de negócios em primeira mão!

Quer receber novidades sobre vendas, marketing e gestão?

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais práticas de mercado para gerar novos negócios.