Marketing de produto: o que é, benefícios e como fazer no B2B

O marketing de produto serve para garantir o posicionamento da solução ao longo de todo o seu ciclo de vida. Saiba mais neste artigo!
Tayrane
25/04/2023 | 8 min

Desenvolver um produto de qualidade é certamente um fator indispensável para posicioná-lo de forma positiva frente ao mercado. 

No entanto, de nada adianta oferecer um bom produto se não há uma estratégia capaz de levar sua proposta de valor para os potenciais usuários.

É justamente para isso que o marketing de produto serve: garantir o posicionamento da solução ao longo de todo o seu ciclo de vida, seja a partir da criação de mensagens, lançamentos, materiais ricos ou suporte no processo de vendas.

Em suma, faz parte da missão da área evidenciar para o mercado todo o potencial de um produto, levando em consideração os seus diferenciais e sua capacidade de solucionar os desafios de um determinado público.

Quer saber mais sobre o marketing de produto e como utilizar essa estratégia para elevar os resultados do seu negócio? Continue lendo o post e aprenda!

O que é marketing de produto?

Não é novidade que o marketing possui várias vertentes, e cada uma delas é responsável por potencializar os resultados relacionados a uma determinada estratégia. 

No caso do marketing de produto, essas estratégias dizem respeito ao posicionamento do produto, ou seja, torná-lo conhecido (e desejado) pelo seu público-alvo.

Imagine que sua empresa desenvolve um produto. Ele foi testado e está pronto para ser utilizado. 

Os próximos passos serão pautados na criação de um posicionamento efetivo para a solução, no desenvolvimento de uma mensagem e na elaboração do diferencial competitivo do produto.

Você deve estar pensando que lançar um novo produto para o mercado pode não ser uma tarefa tão simples assim.

Nesse caso, uma alternativa é testá-lo em um pequeno grupo de pessoas antes de promovê-lo para o público geral. 

Assim, será possível entender como os consumidores reagem à solução e qual o seu potencial para solucionar os desafios dos leads.

Qual a importância do marketing de produto?

Até aqui você viu que o marketing de produto é indispensável para impulsionar uma solução e mostrar o seu potencial para o mundo. Mas afinal, qual a sua importância no dia a dia de uma organização?

Ressalta o diferencial frente aos concorrentes

Como mencionado anteriormente, um bom produto aliado a um marketing feito de forma estratégica são fatores cruciais para consolidá-lo no mercado.

Por mais que existam soluções similares à sua, o destaque competitivo será o responsável por evidenciar o diferencial de um produto. 

Isso, é claro, faz parte das ações desempenhadas pela área de marketing de produto, que utiliza não só da comunicação, mas da relação entre os atributos da ferramenta e as necessidades dos consumidores.

No final das contas, essas características que diferenciam o seu produto dos concorrentes será vista não só pelos clientes, mas também pelos colaboradores, que terão um papel crucial na divulgação da solução.

Ajuda a personalizar a comunicação

Não é novidade que a personalização da comunicação é fundamental para o sucesso de qualquer campanha. No marketing de produto esse fator é ainda mais importante.

Isso porque ele precisa ser desenvolvido com base nas necessidades dos consumidores, levando em consideração suas dores e demonstrando como a sua solução resolverá esses desafios.

Nesse caso, ter em mente qual a sua persona e em quais canais ela está presente ajudará a criar estratégias mais eficazes, garantindo que sua mensagem chegue ao público certo.

Mantém o produto no mercado

Para muitos profissionais, consolidar uma estratégia de divulgação do produto é uma tarefa complexa e que exige esforço de toda a equipe envolvida.

No entanto, o maior desafio está em manter o produto ativo no mercado, e o mais importante: gerar vendas.

Com isso em mente, as ações de marketing de produto precisam levar em consideração todas as fases do produto: do crescimento à maturidade. 

A ideia é trabalhar ativamente para solucionar dúvidas dos clientes e evitar possíveis crises, fortalecendo o produto como uma alternativa confiável e eficaz.

Auxilia na precificação e distribuição

Existem diversas formas de embasar uma estratégia de precificação: seja com base em estudos de mercado, ou na demanda dos consumidores. 

Aqui, o papel do marketing de produto é auxiliar em todo esse processo, otimizando a distribuição e acompanhando indicadores.

A partir daí, as ações de publicidade serão realizadas com maior eficácia, acompanhando o design do produto a partir de uma identidade única e consistente.

Facilita o alinhamento entre os times

Na hora da venda, é fundamental que o discurso esteja afiado e alinhado entre todos os times responsáveis por apresentar o produto aos potenciais clientes.

Mas, isso só será possível com uma estratégia de marketing de produto bem definida, capaz de fornecer o discurso necessário para que o time de marketing e vendas consolide a comunicação com os leads.

Quais são os estágios de um produto?

Antes de considerar essa estratégia no seu negócio, é importante ter em mente que um produto possui diferentes fases ao longo do seu ciclo de vida. 

Apresentação ao mercado

Nesta etapa o marketing de produto será crucial para garantir a visibilidade e o posicionamento do produto frente aos consumidores. 

Isso porque ela compreende a etapa de lançamento, até o momento em que a solução começa a gerar lucratividade para a empresa

Nesse caso, é importante mantê-la viva diante do mercado, garantindo um retorno satisfatório para todas as ações criadas.

Crescimento

Já a fase de crescimento diz respeito ao aumento das vendas e da demanda por parte dos clientes.

Aqui, a estratégia ficará por conta de potencializar o lucro, garantindo que essa etapa se mantenha por um bom tempo.

Maturidade

A fase de maturidade é conhecida por ser consistente, tanto na lucratividade, quanto no volume de demanda. 

Declínio

Por fim, o declínio é o momento em que o produto passa a ter uma baixa procura e, consequentemente, uma queda nas vendas. 

Veja também: O que é o MVP (Mínimo Produto Viável) e como usar esse conceito no seu negócio

Como aplicar o marketing de produto no B2B?

Considerando o ciclo de vida do produto, é hora de partir para as ações. Confira, agora, como aplicar o marketing de produto no seu negócio B2B.

Defina a sua persona

Não há nenhuma estratégia de marketing B2B que ela não esteja presente. A criação da persona é uma etapa imprescindível para viabilizar o sucesso de uma campanha.

Isso porque ela representa o perfil do cliente ideal, partindo de dados e informações que farão parte de todas as ações criadas pelo time de marketing.

Assim, tenha em mente quais são as dores, objetivos e necessidades do seu público-alvo, garantindo que os conteúdos criados levem em conta esses fatores.

O resultado será uma abordagem mais efetiva e personalizada.

Faça uma análise de mercado

Tão importante quanto conhecer a fundo sua persona é entender o funcionamento do mercado como um todo.

E se os dados foram essenciais para entender como o perfil do seu público, aqui ele é ainda mais importante, pois você conseguirá entender como os concorrentes agem, e como a sua solução se destaca em meio às demais.

Por fim, você e sua equipe saberão exatamente quais características do produto devem ser destacadas e o que pode ser aprimorado. 

Tenha uma estratégia de Sales Enablement

Engajar e gerar valor ao cliente pode ser um desafio quando não existem conteúdos para apoiar toda a jornada de compra.

No marketing de produto, essa estratégia é uma grande aliada, já que fornece para os times de marketing e vendas dados valiosos para otimizar a operação e auxiliar na busca por resultados.

Por outro lado, o time de marketing de produto poderá apoiar Sales Enablement com um discurso de vendas alinhado aos diferenciais do produto, fortalecendo o posicionamento da marca em todas as frentes. 

Conheça os diferenciais do produto

Com o estudo de mercado em mãos, fica fácil construir uma comunicação focada nas principais características do produto, e o mais importante: qual o seu diferencial em relação à concorrência. 

Estabeleça os canais de comunicação

Se você já tem sua persona mapeada, provavelmente já entende quais os canais prioritários para divulgar o seu produto, certo?

Lembre-se que cada um deles possui suas particularidades, e precisa ter estratégias que estejam alinhadas com o seu perfil. 

Por mais que existam diversas plataformas disponíveis, isso não significa que sua empresa precisa estar em todas. Avalie em quais canais o seu público está e priorize-os, garantindo uma comunicação objetiva e eficaz.

Analise os resultados

Monitorar os resultados é uma etapa indispensável em qualquer campanha de marketing. São eles que vão dizer se a estratégia está trazendo o retorno esperado e se há algum ponto de melhoria para ser ajustado. 

Com isso, você terá insumos para mudar a rota caso precise, fortalecendo ainda mais suas ações.

Veja mais sobre marketing de produto, inclusive cases de sucesso, no vídeo abaixo:

Conclusão

Como você viu, o marketing de produto, quando bem executado, pode trazer resultados incríveis para o seu negócio.

Mas, antes de colocar as ações em prática, é essencial ter um planejamento claro do que deverá ser feito.

Além de facilitar o trabalho da equipe, você terá mais previsibilidade e conseguirá mensurar os resultados de forma assertiva.

Para te ajudar, desenvolvemos um material completo: um e-book gratuito com todos os passos necessários para estruturar um planejamento de Marketing Digital B2B na sua empresa. Baixe agora mesmo!

banner ploomes teste grátis

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba novos conteúdos de negócios em primeira mão!

Quer receber novidades sobre vendas, marketing e gestão?

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais práticas de mercado para gerar novos negócios.