Blog da Ploomes
Gestão da Manutenção

Gestão da Manutenção: Como Ela Pode Ajudar sua Indústria?

Passou-se o tempo onde “manutenção” era sinônimo de reparos apenas. O mercado exige cada vez mais e é necessário ter uma indústria que corresponda a essas demandas.

Dessa forma, fazer a gestão de manutenção permite identificar problemas e prevê-los com maior facilidade, evitando que as falhas comprometam os prazos de suas vendas ou a própria imagem do negócio.

Entenda aqui como aplicar esse método e quais os seus benefícios. Ficou curioso? Então siga lendo nas próximas linhas!

Gestão dos diferentes tipos de manutenção

Primeiramente, para poder fazer a gestão de manutenção, é necessário que você tenha domínio de todos os tipos de tarefas envolvidas.

Elas se subdividem basicamente em:

  • Manutenção Preditiva: é baseada na frequente inspeção e análise das máquinas como forma de prever melhor seu ciclo de vida e a necessidade de reparos. Teve um maior desenvolvimento com o uso de instrumentos mais avançados nas máquinas;
  • Manutenção Preventiva: são atividades periódicas de inspeção das máquinas e equipamentos, podendo ser programadas a partir de um relatório da preditiva ou de acordo com informações do fabricante das peças inspecionadas.
  • Manutenção Corretiva Planejada: programada com antecedência, normalmente é requerida quando uma falha é identificada, mas não representa grandes riscos para a operação;
  • Manutenção Corretiva Não Planejada: feita em caráter emergencial, ela mobiliza todos os recursos disponíveis para sanar uma falha grave na produção.

Por motivos claros, o último tipo é o mais custoso deles. A parada vai gerar lucro cessante e a própria falha pode motivar indenizações e reparos adicionais a depender de seu impacto.

Além disso, manutenções emergenciais não deixam tempo para planejamento. Isso pode significar a compra de peça medíocres ou com valores fora do orçamento, gerando prejuízo a longo prazo.

Por isso, a frase “prevenir é melhor que remediar” se encaixa perfeitamente quando tratamos de indústrias. É tarefa essencial da gestão de manutenção aplicar os diferentes tipos de prevenção e reparos sem que isso gere impactos negativos na indústria.

Quais as vantagens de uma gestão da manutenção?

Mencionamos acima alguns benefícios resultantes da gestão da manutenção, então vamos explicitar melhor como exatamente eles se dão na indústria.

Operacional otimizado e eficiente

De início pode não parecer tão significativo, mas, de médio a longo prazo, é perceptível como a falta de manutenção faz com que suas máquinas operem com menor eficiência ou com maior gasto de recursos.

Gestão de manutenção Operação
Manter o bom funcionamento da operação é essencial para cumprir com as metas

Isso porque uma peça defeituosa pode manter a operação funcionando, mas pode exigir mais dos outros componentes ou de maior energia para operar normalmente.

Um equipamento mal lubrificado, por exemplo, vai gerar mais atrito. Consequentemente isso vai gerar maior desgaste e exigir maior esforço para realizar movimentos.

Outro fator é a ocorrência de paradas. Quando elas são programadas com antecedência, a chance disso afetar a produção é mínima. Em paradas emergenciais, no entanto, é necessário garantir que todos os processos sejam interrompidos.

Portanto, a gestão de manutenção é uma forma de manter seu processo sempre em andamento.

Maior controle sobre a produção

Caso você tenha conhecimento sobre o Sistema Toyota de Produção, sabe que a melhor forma de manter a eficiência da produção é garantindo a distribuição igualitária do esforço ao longo do tempo.

Em outras palavras, isso significa estabelecer uma política de trabalho que evite picos de esforço ou ociosidade. Dessa forma, seus operadores estão sempre trabalhando, mas sem gerar estresse.

Contudo, mesmo que esse modelo seja visto como o ideal, é necessário que a sua produção seja também previsível.

Não é possível saber o estado do seu chão de fábrica se você não tem conhecimento do desempenho de cada máquina envolvida na linha.

Ao realizar as manutenções preditiva e preventiva, isso vai reduzir as chances de seus operadores serem surpreendidos por uma falha operacional que atrapalhe todo o fluxo de trabalho.

Além disso, permite melhor conhecimento sobre a capacidade das suas máquinas a longo prazo. Sabendo o nível de stress de cada peça, é possível exigir mais de determinados processos, enquanto alivia a carga de outros mais estressados.

Maior previsibilidade de custos

De acordo com pesquisa do grupo Aberdeen, quase metade das indústrias não tem uma visão bem consolidada do custo do produto.

Isso é um sintoma grave de falta de visibilidade, mostrando que esses negócios não têm mecanismos que garantam o controle do processo.

Para solucionar esse problema, normalmente são contratados softwares que ajudem na gestão de custos de produtos. Contudo, ter apenas um sistema e não realizar ações que gerem dados para esse sistema é a mesma coisa que comprar um carro de luxo e não comprar combustível.

Dessa forma, a gestão da manutenção vai garantir que seus operadores e a equipe de manutenção estejam sempre fazendo tarefas que alimentem sua base de dados.

Ao programar rotas para manutenção preventiva, por exemplo, é possível manter relatórios mais robustos com diagnósticos atualizados.

Mesmo a manutenção corretiva, quando planejada, traz vantagens aqui. Com a identificação antecipada de falhas, existe maior espaço para fazer a pesquisa de custos de cada componente necessário para o reparo. Dessa forma, é possível calcular melhor o peso dessa operação no orçamento e quanto investir.

Fortalecimento do compliance

Ao estabelecer uma variedade de processos de manutenção, fica mais fácil estabelecer uma política de compliance na sua indústria.

Caso você não tenha conhecimento do termo, compliance é basicamente “estar em conformidade com a lei”. Em outras palavras, é um esforço que busca evitar que sua empresa seja alvo de multas por órgãos regulamentadores ou esteja sujeita a fraudes judiciais.

Quando sua equipe diminui a probabilidade de ocorrer acidentes, isso também diminui as chances da sua indústria precisar arcar com indenizações ou punições por danos ao meio-ambiente.

Além disso, a presença de uma gestão da manutenção aumenta a conscientização dos seus colaboradores sobre a necessidade no uso de EPIs e conformidade às NRs, necessárias para a saúde jurídica da indústria e credibilidade da marca no mercado.

Uma gestão da manutenção garante a integridade da sua indústria

Esperamos que este texto tenha informado sobre a importância da manutenção em uma indústria, assim como de uma equipe capaz de coordenar as diferentes ações.

A gestão da manutenção se torna cada vez mais urgente num tempo onde excelência passa a ser um importante diferencial para negociações.

Ao estabelecer processos que garantam o melhor planejamento, é possível evitar o desperdício de recursos e elevar o desenvolvimento industrial, tão caro ao mercado brasileiro atual.

Avatar

Ploomes Sistemas Empresariais

Sistema de automação da força de vendas.
CRM, Funil de vendas, Automação de Propostas e Pedidos de Vendas em um só lugar!

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Facebook
Facebook
YouTube
LinkedIn
Instagram
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial