Gestão de Pessoas: porque é importante e 7 dicas para otimizar seus processos

Cada vez mais, a satisfação e o bem-estar dos funcionários tem sido um tópico importante dentro das empresas. De acordo com uma pesquisa da Universidade da Califórnia, colaboradores […]
Blog
12/04/2022 | 6 min

Cada vez mais, a satisfação e o bem-estar dos funcionários tem sido um tópico importante dentro das empresas. De acordo com uma pesquisa da Universidade da Califórnia, colaboradores felizes são 31% mais produtivos, além de três vezes mais criativos.

É nesse cenário que a gestão de pessoas se mostra imprescindível. Em vendas isso não é diferente.

Com uma gestão estratégica de pessoas, a empresa consegue engajar seus colaboradores e promover o bem-estar dentro da organização. Assim, além de melhorar os seus resultados em vendas, é possível reter os seus talentos por mais tempo. 

No artigo de hoje iremos falar mais sobre a gestão de pessoas e como ela pode mudar a realidade da sua empresa! 

A importância da gestão de pessoas

Para que uma empresa seja saudável e tenha resultados satisfatórios, é preciso que todas as equipes estejam alinhadas e engajadas em um propósito comum.

Dessa forma, os colaboradores devem estar motivados a exercerem suas funções com excelência, buscando os melhores resultados para eles mesmos e para o negócio

Nada disso é possível sem uma boa gestão de pessoas. Um bom gestor de pessoas foca em sintonizar os interesses da organização com os dos funcionários. Assim, é possível transformar as relações de trabalho em vínculos positivos. 

A partir de estratégias bem posicionadas e personalizadas para cada colaborador, a empresa pode ter melhores resultados e eficiência.

Além disso, garante uma maior retenção de talentos, o que é extremamente valioso em qualquer setor da economia. 

A gestão de pessoas deve sempre conversar com todas as equipes para alinhar os interesses de cada setor da empresa. A gestão de equipes de vendas, por exemplo, deve estar em sintonia com a gestão de pessoas. 

7 dicas de gestão de pessoas em vendas para otimizar processos 

A gestão estratégica de pessoas, não só em vendas, mas em todos os outros setores da companhia, pode mudar a realidade de uma empresa e dos seus colaboradores.

Mas, afinal, como executar esse conjunto de técnicas corretamente dentro da organização? 

A realidade é que cada empresa deve contar com uma equipe voltada especificamente para esse setor. Assim, é possível traçar um plano de ação condizente com a realidade da organização e dos funcionários.

Contudo, neste tópico daremos algumas dicas universais que influenciam em uma boa gestão de pessoas: 

1. Envolva os colaboradores nos objetivos da empresa: 

Ao exercer alguma função, é importante que o funcionário entenda como ela impacta nos resultados da empresa. Por isso, para uma equipe mais engajada e comprometida é necessário deixar claro o porquê de cada demanda. 

O colaborador que apenas executa atividades repetitivas sem um objetivo não conseguirá enxergar valor no que faz. Isso pode gerar uma quebra de expectativa e, consequentemente, piores resultados. 

2. Trabalhe com metas bem estabelecidas: 

Uma boa gestão de pessoas deve sempre trabalhar com metas, fazendo com que cada colaborador saia da sua zona de conforto. Assim, é possível melhorar os resultados da empresa e ajudar no desenvolvimento do funcionário. 

Para a criação de metas eficazes, o gestor deve entender os objetivos da empresa e a função de cada um para criar um planejamento estratégico para o alcance desses resultados.

Proporcionar novos desafios e estimular o funcionário é essencial para o engajamento de qualquer equipe. 

Faça o diagnóstico do seu planejamento estratégico!

3. Realize reuniões de feedback: 

Nada melhor do que receber um feedback inesperado, elogiando por um trabalho ou iniciativa dentro da empresa. E essa é uma das estratégias de gestão de pessoas mais eficazes no meio corporativo.

As reuniões de feedback são imprescindíveis para o bem-estar de cada colaborador. Com elas o funcionário se sente parte da empresa e que seu desempenho está sendo notado pelo seu gestor. 

No entanto, é importante citar: os feedbacks devem ser realizados com muito cuidado. Os positivos devem sempre prezar pela evolução dos pontos fortes do colaborador.

Por outro lado, negativos precisam ser feitos com muita calma em um processo evolutivo, de modo a não desmotivar o funcionário. 

4. Capacite os seus funcionários: 

Um dos tópicos mais discutidos dentro do campo da gestão de pessoas atualmente é a capacitação dos funcionários.

Ninguém nasce sabendo de tudo e, muitas vezes, é mais interessante ter um colaborador que tem interesse em aprender do que outro que tem o conhecimento, mas está na zona de conforto. 

Por isso, é interessante que a empresa disponibilize diferentes formas de capacitação para os seus talentos. Isso deve ser feito de forma personalizada, prezando pelo que é mais interessante em cada setor. 

E o melhor de tudo: trata-se de um investimento. Um profissional mais capacitado conseguirá entregar melhores resultados, fazendo com que as metas e objetivos da empresa sejam alcançados com maior facilidade.

A capacitação é benéfica em todas as áreas dentro da organização, como o comercial, marketing, produto, dentre outros. 

5. Tenha um plano de carreira: 

Por melhores que sejam as condições, nenhum funcionário quer exercer as mesmas funções para sempre, com os mesmos benefícios. Por isso, uma boa gestão de pessoas deve trabalhar sempre com um plano de carreira. 

O plano de carreira deve ser personalizado, de acordo com a área que o colaborador tenha mais afinidade. Assim, ele pode se desenvolver tanto para ser um gestor quanto para ser um especialista.

6. Foque no processo de recrutamento e seleção:

Toda empresa tem uma cultura organizacional, que deve ser seguida para que os gestores e colaboradores estejam alinhados. No entanto, é comum que diferentes pessoas tenham diferentes ambições e personalidades. 

Dessa forma, a gestão de pessoas deve começar antes mesmo da contratação do funcionário. É preciso escolher alguém que tenha identificação com os valores e objetivos da empresa. 

7. Se aproxime dos colaboradores: 

Nenhuma das dicas acima podem ser realizadas sem uma aproximação da gestão de pessoas com o funcionário.

Para criar metas, objetivos e planos personalizados é preciso conhecer o lado humano de cada um e trabalhar em cima disso. 

Com uma relação mais próxima, é possível entender o que motiva cada pessoa e estabelecer estratégias para melhores resultados. 

Conclusão

Toda empresa precisa de colaboradores para crescer e se estabelecer no mercado. Sem o capital humano é impossível atingir as suas metas e objetivos. Por isso, conclui-se que as pessoas são o bem maior dentro de uma organização. 

Pense agora que uma empresa não está dando valor aos seus talentos. Logicamente, eles poderão procurar outras oportunidades e, no fim, levar todos os aprendizados e desenvolvimento para um potencial concorrente.

E, mesmo que alguns permaneçam, não estarão engajados e comprometidos o suficiente para atingir os objetivos estipulados. 

Por isso, a gestão de pessoas é de vital importância dentro de uma organização. Manter o bem-estar e a satisfação dos funcionários pode ser o diferencial entre uma empresa destaque no mercado e seus concorrentes. 

Este artigo foi escrito pela equipe da Siteware, que é especialista em gestão e aplica essas dicas no seu dia a dia! 

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba novos conteúdos de negócios em primeira mão!

    Quer receber novidades sobre vendas, marketing e gestão?

    Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais práticas de mercado para gerar novos negócios.

      Seus contatos serão utilizados para envio de e-mails, respeitando a sua privacidade, e é possível cancelar o recebimento de novas mensagens a qualquer momento.