Blog da Ploomes
Manutenção Industrial o que é

O que é a Manutenção Industrial?

A manutenção industrial consiste num conjunto de práticas que busca fiscalizar e manter instrumentos e máquinas em pleno funcionamento.

Além disso, é dever da manutenção evitar a ocorrência de acidentes que afetem os colaboradores ou o meio-ambiente.

Isso significa que certos componentes vão exigir maior cuidado que outros, como tubulações de gás natural ou caldeiras industriais.

Para evitar que acidentes de qualquer proporção ocorram, é essencial conhecer todas as formas de manutenção disponíveis e qual é a mais adequada.

Por isso vamos mostrar aqui um panorama geral sobre o que caracteriza cada tipo de manutenção industrial. Continue lendo para saber!

Manutenção Preditiva: quando prevenir não é o bastante

A manutenção preditiva por vezes é encarada como uma filosofia corporativa. Isso porque sua função é acompanhar o desempenho de equipamentos para fazer previsões mais assertivas sobre seu estado de conservação.

Manutenção industrial preditiva
A manutenção preditiva vai monitorar o estado das suas máquinas

No entanto, com a chegada de máquinas inteligentes na linha de produção, hoje é possível analisar os dados de desempenho de cada componente.

Dessa forma, sua equipe pode identificar quando determinado equipamento está estressado ou com folga e oferecer prazos mais consistentes para ajustes e manobras de prevenção.

A sua importância na indústria se deve ao fato de ser capaz de encontrar possíveis motivos para falhas. Isso permite que a vida útil da máquina seja estendida e evita a ocorrência de acidentes inesperados.

Manutenção Preventiva: prevenir é melhor que remediar

A manutenção preventiva, por sua vez, vai atrás do que foi identificado anteriormente na manutenção preditiva.

manutenção industrial preventiva
A manutenção preventiva vai realizar supervisões agendadas para identificar falhas

Caso um equipamento esteja registrando muito estresse, a prevenção vai atrás de saber o porquê. Esse processo vai ser conhecido como uma preventiva condicional, ou seja, com uma condição para ela ser acionada.

No entanto, este tipo de manutenção industrial também vai exigir a realização de análises periódicas, normalmente definidas pelo fabricante de cada máquina ou peça. Nesse caso, será uma preventiva sistemática.

Por ser feita de forma planejada, costuma envolver custos bem menores do que a manutenção corretiva, que vamos explicar logo a seguir.

Manutenção Corretiva: grandes problemas requerem soluções imediatas

A manutenção corretiva é o ajuste pontual das falhas. No momento em que elas são identificadas, a equipe se mobiliza para resolvê-las o mais rápido possível e retornar a eficiência e a segurança para a linha de produção.

Manutenção industrial corretiva
O desgaste é inevitável, mas a manutenção corretiva pode ser planejada

Entre os tipos de manutenção industrial, este é o mais custoso. Isso porque envolve a aplicação de materiais, troca de componentes ou até de máquinas. Caso envolva acidentes mais graves, pode ainda afetar seus colaboradores, o meio-ambiente e, consequentemente, a marca.

Contudo, não há apenas correções emergenciais, uma vez que nem toda falha vai comprometer a operação. Para resolver esses problemas menores, é recomendável fazer uma manutenção corretiva planejada.

Assim, não é necessário parar a linha de produção e há melhor planejamento para compra de peças ou máquinas com melhor custo-benefício.

A manutenção corretiva não planejada, no entanto, é resultado de falhas que interrompam o desempenho de todo o processo produtivo e exigem resposta imediata.

A emergência faz com que a indústria dependa da pronta entrega dos elementos necessários para a correção. A falta de tempo, por sua vez, impossibilita uma pesquisa mais apurada e vai privilegiar rapidez na entrega ao invés do custo-benefício.

Em outras palavras, além de aumentar seu custo, pode afetar a qualidade da sua indústria.

Manutenção industrial é um requisito de indústrias seguras

É possível ver, então, que a urgência da manutenção industrial não se restringe apenas à segurança de seus funcionários, mas do negócio como um todo.

As falhas nem sempre são evidentes ou fatais e podem custar meses de recursos quando não identificadas. Caso queira uma produção sempre eficiente, é necessário garantir que todos os componentes das máquinas estejam em bom estado.

Graças aos avanços na tecnologia, também se torna possível agir em novas frentes para aumentar a vida útil dos componentes da operação e evitar maiores transtornos durante falhas operacionais.

A indústria precisa adotar essas inovações se quiser ficar à frente  da concorrência e projetar a solidez para futuras negociações.

Avatar

Ploomes Sistemas Empresariais

Sistema de automação da força de vendas.
CRM, Funil de vendas, Automação de Propostas e Pedidos de Vendas em um só lugar!

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Facebook
Facebook
YouTube
LinkedIn
Instagram
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial