5 melhores ERPs do mercado

Ao passo que uma empresa cresce e escala suas operações, contar com uma ferramenta que dê o suporte necessário para concentrar todo o volume de informações é essencial. […]
Tayrane
23/06/2022 | 15 min
melhores erps do mercado

Ao passo que uma empresa cresce e escala suas operações, contar com uma ferramenta que dê o suporte necessário para concentrar todo o volume de informações é essencial.

Além disso, adotar uma única plataforma que permita unificar e integrar todas as áreas da organização não só ajuda na redução de custos como também permite um melhor alinhamento entre os departamentos, evitando falhas e a perda de dados importantes.

Porém, entendemos que escolher um ERP é uma tarefa desafiadora, pois abarca uma série de critérios importantes para não errar na hora dessa aquisição tão importante para o seu negócio.

Foi pensando nisso que reunimos tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Neste artigo, você conhecerá mais sobre os sistemas ERP, seus benefícios, como escolher o melhor para sua empresa e as opções mais recomendadas do mercado! 

O que é ERP

Se antes as empresas utilizavam uma série de ferramentas para gerenciar diferentes áreas da organização, hoje esse cenário mudou.

A fim de unificar e integrar as informações, muitas dessas empresas têm optado pelos ERPs ou Enterprise Resource Planning, que em tradução literal significa Planejamento dos Recursos da Empresa.

O recurso funciona como um software de gestão capaz de concentrar dados importantes de cada departamento de um negócio, tornando o trabalho mais otimizado e viabilizando a integração entre as áreas.

A ferramenta tem se mostrado uma aliada de peso das organizações, evitando falhas e garantindo uma maior agilidade às atividades de rotina.

Sendo assim, profissionais que antes dedicavam um tempo considerável em tarefas operacionais, conseguem ter mais foco em projetos estratégicos, por exemplo.

Nos próximos parágrafos falaremos mais sobre os ERPs e seus benefícios!

Benefícios de um ERP

Como você viu, o objetivo de um ERP é integrar informações de diferentes áreas e automatizar os processos, evitando erros e otimizando o tempo dos profissionais. Neste tópico, abordaremos alguns dos principais benefícios desse recurso.

Flexibilidade

Lidar com um alto fluxo de informações pode ser desafiador quando não contamos com uma ferramenta capaz de unificar todas as informações da empresa.

A boa notícia é que, por se tratar de um sistema em nuvem, os ERPs podem ser acessados de qualquer local, necessitando apenas de uma boa conexão.

Assim, gestores que precisam acompanhar informações do negócio em tempo real, conseguem tomar decisões mais assertivas, com base em dados seguros e disponíveis em apenas um clique. 

Segurança dos dados

Ao buscar por ferramentas de gestão no mercado, a segurança das informações figura como um dos fatores prioritários. Isso porque é preciso assegurar que os dados ficarão protegidos em uma plataforma segura, uma vez que são os ativos mais valiosos de uma organização. 

Nesse sentido, os ERPs são opções eficazes, pois  fornecem uma série de sistemas capazes de proporcionar a integridade das informações, como backup contínuo e a criptografia, por exemplo.

Além disso, boa parte desses sistemas estão alocados na nuvem, o que também garante a redução de custos, uma vez que não há a necessidade de gastos com infraestrutura, contratos e documentos. 

Padronização das informações

‘’Sem dados você é apenas mais uma pessoa com uma opinião’’. A frase do renomado estatístico William Edwards Deming demonstra de forma clara a importância da interpretação dos dados para a saúde de qualquer empresa.

Nesse sentido, contar com um ERP é fundamental para que todos os profissionais de uma organização tenham acesso a informações importantes para facilitar as tomadas de decisão. Quando padronizadas, essas informações otimizam as análises, tornando-as precisas e valiosas para a operação, uma vez que estarão disponíveis e acessíveis para todo o time.

Diminuição de custos

Ao passo que as empresas deixam de contratar diversos softwares para operacionalizar as informações de diferentes áreas, é esperado que a redução de custos ocorra de maneira natural.

Se antes as empresas contavam com um software para gestão financeira e outro para controle de estoque, por exemplo, hoje o ERP já abarca todas essas demandas, integrando as informações e reduzindo o número de sistemas contratados no negócio. 

Crescimento do negócio

À medida que uma empresa cresce e sua operação fica mais robusta, é necessário que a gestão do negócio acompanhe o volume de informações e consiga administrá-las com eficácia. É nesse contexto que o ERP será fundamental para abarcar e integrar todos os dados, adaptando-se ao momento da empresa e fornecendo insumos para análises aprofundadas.

Melhores ERPs do mercado

Agora que a definição e os benefícios de um ERP ficaram claros, é hora de conhecer as opções que se mostraram mais completas e que se adaptam a diferentes tipos de negócio. Acompanhe!

1. TOTVS Protheus

Há mais de 20 anos no mercado, o sistema TOTVS tem como mote a simplificação de processos e a redução de burocracias no ambiente de trabalho. A ferramenta conta com uma automatização e um controle dos processos capaz de atender diferentes segmentos de organização de ponta a ponta: desde o setor jurídico até o varejo. 

A ferramenta também ganha pontos na integração entre as áreas, reunindo dados de diferentes departamentos em uma única plataforma, o que garante maior economia de tempo e reduz a burocracia nas operações. 

Outro diferencial é a adaptação do sistema às normas do sistema tributário, atendendo às especificidades das legislações de todos os Estados e capitais brasileiras. Já no quesito estratégia e análise de dados, a TOTVS conta com funcionalidades que vão desde Business Intelligence, Analytics e Inteligência Artificial. 

Um exemplo é a TOTVS Carol, plataforma de inteligência artificial que promete se conectar a todas as fontes de dados da organização, viabilizando estratégias de rastreamento de informações e desenvolvimento e deploy de algoritmos de machine learning, auxiliando em projetos de visão computacional e processamento de linguagem natural.

Atualmente a plataforma abarca soluções que se dividem em Gestão, Techfin e Business Performance. Enquanto os produtos relacionados à gestão se concentram em funcionalidades de ERP, RH, BI e Inteligência Artificial, a Techfin diz respeito a soluções de crédito, pagamentos e serviços financeiros. Por último, a etapa de Business Performance comporta o CRM, Inteligência de dados e e-commerce. 

Especializada em 12 segmentos de mercado, a ferramenta possui duas formas de entrada: nuvem e on premise. Uma de suas vantagens é a possibilidade de customizar as funcionalidades de acordo com as necessidades da empresa, escolhendo o tipo de acesso e definindo o serviço de implantação. 

2. Oracle

Fundada em 1977, a Oracle foi, inicialmente, chamada de Software Development Labs (SDL), atuando como uma empresa de consultoria que se tornaria, mais tarde, uma das maiores companhias em banco de dados.

Hoje, sua missão é “ajudar as pessoas a ver dados de novas maneiras, descobrir ideias e desbloquear possibilidades infinitas.” Isso se dá através de um pacote de aplicações em nuvem integradas e uma plataforma de infraestrutura de nuvem, que permite migrar, criar e executar desde cargas de trabalho empresariais existentes até novas aplicações nativas da nuvem e plataformas de dados.

Com a Oracle Cloud Infrastructure, é possível criar e executar uma série de aplicativos e serviços, além de oferecer recursos de computação de alto desempenho como instâncias de hardware físicas.

Aqui, novamente contar com uma visibilidade de dados e informações importantes em toda a escala da empresa é um dos fatores chave, sendo possível através do Analytics Cloud, que fornece uma série de insumos para a  preparação de dados, visualização, relatórios empresariais, análise ampliada e processamento de linguagem natural. 

Mas se o objetivo é ter uma previsibilidade de possíveis falhas e erros, a Oracle conta com Anomaly Detection, que promete identificar eventos ou observações indesejáveis nos dados de negócios em tempo real. 

Assim como os sistemas já citados, a Oracle abrange uma ampla gama de segmentos, que vão desde serviços bancários e seguros até o setor público. 

O banco de dados da Oracle também é conhecido por contar com um alto desempenho e velocidade, permitindo agregar informações sobre os mesmos processos e fazer análises mais aprofundadas por conta disso.

Sua portabilidade também é um fator de destaque, uma vez que opera em quase 20 protocolos de rede e também em mais de 100 plataformas de hardware.

Quando se fala em segurança da informação, é importante se atentar às soluções dos sistemas para assegurar os dados de uma empresa.

Na Oracle, isso ocorre a partir de criptografia e auditoria sempre ativas, separação de tarefas pré-configuradas e aplicação de patch. Na prática, isso significa uma proteção automática sempre que uma ameaça é identificada.

3. CIGAM

No mercado de software de gestão empresarial desde 1986, a CIGAM oferece soluções de ERP, CRM, BI, RH, PDV e MOBILE. Desenvolvido a partir da tecnologia Low-Code, o sistema permite a integração de diversas aplicações e a sincronização dos dados em tempo real.

Além disso, a plataforma possui uma biblioteca de componentes e conectores para diversos aplicativos, contando com a Arquitetura In-Memory Data Grid (IMDG) com cluster, que fornece a tolerância a falhas e recuperação automática.

Assim como a TOTVS, a ferramenta atende aos mais diversos segmentos de mercado, da indústria ao agronegócio. 

Suas soluções são divididas em três frentes: ERP, BI e RH. No que diz respeito ao ERP, o CIGAM fornece uma série de funcionalidades, todas pautadas na segurança e na agilidade.

Com a Inteligência Artificial, a ferramenta permite o acesso a informações a partir de comandos de voz em tempo real. Já a funcionalidade de Inteligência de Negócio apresenta um dashboard com indicadores de cada área da empresa, facilitando o acesso e entendimento de diversas variáveis.

Para a auditoria dos processos e compromissos legais a ferramenta conta com o auditor fiscal, que facilita atualização de conformidade nas informações junto ao Fisco. Por fim, a disseminação da informação fica por conta do OLAP, personalizando as informações das telas de pesquisa em formato de gráficos.

4. Omie

A Omie é a empresa por trás do software de gestão responsável por auxiliar pequenas e médias empresas na gestão financeira. No setor contábil, o sistema atua na automação de tarefas como: emissão de nota fiscal, cálculo de comissão de vendas, saldo e controle de estoque, faturamento, mensuração de inadimplência, etc.

Na área de gestão e serviços, a ferramenta viabiliza a criação, edição e a personalização de relatórios gerenciais, seja de vendas, marketing ou financeiro. Assim, é possível ter informações confiáveis para garantir que as tomadas de decisão sejam feitas de forma assertiva.

A Omie também agiliza o cadastro de contatos, mantendo o controle de todas as atividades prestadas pela organização. Na gestão de vendas e CRM, a Omie atua desde o cadastro de clientes até o gerenciamento das vendas, fornecendo gráficos e tabelas dinâmicas para garantir a visibilidade de todas as oportunidades de negócio. 

O sistema também atua na área de produção e estoque, permitindo o controle de todas as etapas da ordem de produção, desde o cadastro dos produtos até a conclusão de fabricação. Um dos pontos cruciais para a escolha de um ERP é a possibilidade de integração com outras ferramentas.

Nesse sentido, a Omie fornece um painel contábil com dados fiscais e contábeis completos para que o contador consiga ter acesso a todas as informações financeiras do seu negócio.

Mas não para por aí. Com o CNAB (Centro Nacional de Automação Bancária), é possível obter os arquivos de emissões e retornos de cobrança de boletos na própria plataforma e visualizar recebimentos de forma automática.

A plataforma conta também com a Omie.Store, uma loja com mais de 35 aplicativos para tornar sua gestão ainda mais completa e assertiva!

5. Senior Sistemas

Presente em todo território brasileiro e na América Latina, a Senior Sistemas é uma das principais referências em tecnologia para gestão empresarial, logística, gestão de pessoas, relacionamento com clientes e gestão de acesso e segurança. 

Trata-se de uma ferramenta capaz de reunir, em um só lugar, informações cruciais para o negócio, automatizando de ponta a ponta todos os processos da organização. Prova disso é sua atuação no controle financeiro, que conta com uma ferramenta de fluxo de caixa capaz de fornecer a visibilidade necessária para tomadas de decisão mais assertivas.

Seja para verificar os resultados de um período específico, acompanhar os recebimentos e entender se de fato eles foram transformados em dinheiro em caixa, ou efetuar uma análise de médio e longo prazo, analisando a saúde financeira da empresa.

Além do controle financeiro, a plataforma está cada vez mais alinhada com o conceito de Transformação Digital, que na prática pode ser visto através da funcionalidade SARA, assistente virtual que utiliza inteligência artificial para realizar conversas entre usuário e software.

E se as tomadas de decisão precisam ser cada vez mais embasadas em dados, a Senior Sistemas facilita esse processo a partir da Camada de Gestão, funcionalidade que proporciona uma visibilidade completa do negócio, sendo:

  • Compras;
  • Contábil;
  • Contas a pagar;
  • Contas a receber;
  • Faturamento;
  • Pedido de vendas;
  • Produção.

Já o BPM (Business Process Management) garante o mapeamento, o monitoramento e a simplificação de processos, contribuindo para a redução de custos e para a agilidade dos serviços, além de registrar todas as interações necessárias entre os profissionais envolvidos nos projetos. 

Como escolher o melhor ERP

Embora boa parte dos gestores já reconheça as necessidades e vantagens de adotar um ERP para o negócio, escolher o que melhor se adequa ao modelo da organização ainda é uma tarefa desafiadora. Afinal de contas, são muitas as opções disponíveis no mercado, o que pode dificultar ainda mais esse processo.

Mas o que considerar ao adquirir uma solução como essa? Agora que você já conhece os melhores ERPs do mercado, confira abaixo como escolher o ideal para o seu negócio:

Custo-benefício

Por mais que contratar um ERP seja uma realidade urgente para muitas empresas, analisar o seu momento financeiro precisa ser levado em consideração. Nesse sentido, avaliar as opções que se adequam às necessidades do seu negócio e se elas estão dentro do seu orçamento são fatores essenciais para não errar na hora de escolher a sua ferramenta. 

Nesse contexto, as plataformas SaaS têm se mostrado mais acessíveis, pois os valores podem variar de acordo com suas funcionalidades e treinamentos, por exemplo. Além disso, esses sistemas podem ser contratados a partir de um valor mensal, sem a obrigatoriedade de uma licença, o que confere mais liberdade no controle dos investimentos.

Departamentos abarcados

É inegável o papel de um ERP em diversas áreas da organização, mas é necessário priorizar aquelas que realmente necessitam de uma integração e da automação dos processos. Pense, portanto, em quais atividades podem ser otimizadas por uma ferramenta como essa, e quais sistemas se adequam a cada departamento. 

Existem ferramentas que abarcam diferentes departamentos de uma empresa, desde a entrada de um cliente até as operações de Marketing, por exemplo. Nesse caso, é importante analisar, juntamente com a sua equipe, qual de fato irá abarcar todas as áreas que demandam a integração das informações.

Escalabilidade

Ao contratar um ERP, é preciso levar em conta a perspectiva de crescimento do seu negócio e se essa ferramenta será capaz de acompanhar sua evolução. Portanto, por mais que sua empresa considere começar com um menor volume de funcionalidades, ou opte por não integrar todos os departamentos, observe se a solução poderá oferecer, a médio ou a longo prazo, as aplicabilidades que o seu negócio precisa para escalar.

Profissionais envolvidos

Outro ponto importante é ter em mente quais são os profissionais envolvidos no projeto. Além de indicar questões como treinamento e capacitação da plataforma, esse processo impacta diretamente no preço da solução, já que muitas delas consideram a quantidade de usuários para realizar esse cálculo.

Implantação

O que nos leva a outro fator que requer atenção: o processo de implantação do sistema. Afinal, é nessa etapa que todos os responsáveis por sua utilização poderão absorver e entender suas funcionalidades e como elas irão impactar a sua rotina.

Conclusão

Você deve estar pensando: são muitas informações para processar! De fato, os critérios para a aquisição de uma nova solução precisam estar claros e devem ser analisados com calma por todos os profissionais envolvidos no projeto. 

Do contrário, há o risco de optar por ferramentas que não irão atender a todas as necessidades da empresa. O resultado é um dinheiro gasto de forma equivocada, o que pode ser ruim para a saúde financeira da organização.

Nesse caso, é fundamental analisar todas as funcionalidades e condições das soluções apresentadas aqui, ou se necessário procurar outras opções do mercado que estejam mais alinhadas com os seus objetivos. O importante é garantir que a integração da sua equipe e a unificação das informações aconteça de forma segura e eficaz.

Agora que você já sabe quais os melhores ERPS do mercado, quer saber sobre todos os passos envolvidos no planejamento de uma integração bem sucedida entre as plataformas de ERP e CRM? Baixe nosso ebook gratuito!

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba novos conteúdos de negócios em primeira mão!

Quer receber novidades sobre vendas, marketing e gestão?

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais práticas de mercado para gerar novos negócios.