Blog da Ploomes
mesa de trabalho com papéis e um celular

O que é branding? E como essa estratégia ajuda equipes a venderem mais!

Quando se pensa em vender mais existem inúmeras estratégias de vendas difundidas e espalhadas pelo mercado. Mas o que muitas pessoas não associam é a importância de uma presença de marca consolidada na hora de atrair clientes e consolidar novas vendas.

Justamente por isso, neste conteúdo vamos entender melhor a importância do branding na hora de fechar um negócio e o papel de uma boa gestão de marca na jornada de compra de um cliente. 

E, para que isso seja possível, é preciso em primeiro lugar entender o que é branding e como aplicar essa estratégia no dia a dia de uma empresa. Por isso, continue a leitura e confira!

O que é branding? 

Podemos definir branding como um conjunto de ações que visam alinhar o posicionamento, o propósito e os valores da marca. Ou seja, uma estratégia de branding tem como objetivo provocar sensações e estabelecer novas conexões na mente e no coração dos clientes para que elas sejam relacionadas à sua marca. 

E isso é fundamental para que o cliente escolha a sua solução e não a da concorrência no momento da decisão de aquisição do serviço ou produto. 

Logo percebemos que o branding está diretamente relacionado ao valor de um negócio. Trata-se de um processo de construção daquilo que a empresa deseja transmitir aos seus consumidores, como os compromissos e os ideais por trás do que será comercializado. 

Afinal, uma marca é muito mais do que apenas um produto. Pense na sua marca favorita! Pensou? É muito provável que enquanto pensa nela, você considere muito mais do que apenas o produto ou serviço. 

Geralmente associamos as marcas às sensações que nos provocam ou às soluções que elas trazem para o nosso dia a dia. Não pensamos apenas no nome, lembramos as cores, as formas e até os sons. Além, é claro, das memórias que nos trazem. 

E quando isso acontece podemos dizer que o branding cumpriu bem a função de criar conexões conscientes e até inconscientes na mente do seu público

Essa concepção começa com a definição de logotipos, fontes, tom de voz, valores até a escolha dos profissionais que representarão o negócio. Somando tudo isso é possível construir a personalidade de uma marca e garantir que ela esteja na mente do seu público-alvo. 

Então podemos dizer que o branding vai muito além do que o produto ou serviço que uma marca oferece, a estratégia de branding diz respeito a quem é a marca e a sua razão de ser. 

E o que não é branding?

Agora que você já sabe o que é branding, que tal entendermos melhor o que não é essa estratégia, para desmistificar alguns mitos espalhados por aí? 

Branding não é identidade visual

Um erro muito comum é associar o branding apenas a identidade visual de uma marca. Apesar da importância de uma boa identidade visual em uma estratégia de branding, não se pode resumir o conceito a isso. 

Por isso, é tão importante entender as definições. Veja: 

Um logo é a representação gráfica da imagem da marca. Enquanto a identidade visual pode ser entendida como todo o conjunto de elementos gráficos utilizados na comunicação da marca para representar a empresa.

Já uma marca pode ser definida como o conjunto de tudo o que envolve o produto ou serviço de uma empresa e a torna diferente da sua concorrência. Isso compreende o nome, o logo e toda a identidade visual. 

O branding, por sua vez, como já citamos, é uma técnica que utiliza todos esses elementos para promover a gestão de uma marca. Tendo como objetivo levar os valores e propósitos da marca aos seus consumidores. 

A importância de uma boa estratégia de branding para um negócio

Com o advento da transformação digital e o crescente cenário de competitividade do mercado, investir em uma boa estratégia de branding e gestão de marca deixou de ser algo importante para se tornar determinante para o sucesso ou fracasso de uma empresa. 

Como já citamos aqui, ter uma marca que provoca as melhores sensações e promove boas  experiências aos clientes é muito importante para se destacar em relação aos demais concorrentes.  

Dessa forma não é muito difícil perceber a importância e a grande necessidade do branding para um negócio, não é verdade? Ter uma marca com um forte senso de propósito e que os clientes possam se identificar é uma tática valiosa para a aquisição de novos clientes. 

Por isso, é tão importante promover boas experiências aos consumidores e cada vez mais gerar leads qualificados através da proposta de valor da sua empresa. 

Como colocar em prática uma estratégia de branding? 

Agora que já sabemos o conceito e a importância do branding, vamos entender como colocar em prática essa estratégia tão eficaz e atrativa para qualquer tipo de empresa. 

Olhe para dentro de “casa” 

Em primeiro lugar é preciso analisar a verdadeira situação do seu negócio. Ou seja, olhar para dentro de casa, para entender o que precisa ser mudado ou melhorado.  

Esse deve ser verdadeiramente o início de qualquer projeto de branding: olhar para os processos internos da empresa e entender tudo o que ela pode oferecer aos consumidores, a sua força no mercado e o tamanho da sua área de atuação.  

Escolha muito bem os seus stakeholders 

Após entender as necessidades e os problemas que devem ser corrigidos é importante definir muito bem todos os envolvidos na sua cadeia produtiva.

Depois de identificar essas pessoas, é importante entender o que elas precisam para garantir que a sua estratégia de branding seja colocada em prática sem maiores dificuldades. 

Isso pode ser feito através de entrevistas e pesquisas que permitem que a empresa conheça melhor os interessados no negócio. 

Analise as oportunidades de mercado 

Depois de entender as necessidades da sua empresa, conhecer todos os envolvidos nos processos, chega a hora de entender as oportunidades e as tendências disponíveis no mercado. 

É muito importante analisar e estudar as tendências para saber tudo o que está influenciando o seu público naquele momento e principalmente quais serão os passos futuros, e isso já nos leva ao próximo passo. 

Tenha uma visão a longo prazo 

Isso significa que para consolidar uma estratégia de gestão de marca é preciso entender o presente e também se preparar para o futuro. 

É importante mapear como a sua empresa deseja ser reconhecida e fazer com que todos na empresa compreendam que esse é o objetivo a ser conquistado. 

Quando os funcionários entendem o norte estratégico do negócio isso contribui diretamente para a construção da marca, dos produtos ou serviços, impacta nas contratações e por isso o employer branding também cresce dia a dia.

Powered by Rock Convert

Como utilizar uma estratégia de branding para aumentar as vendas?

Como todos devem saber, as negociações de venda envolvem muitas narrativas. São compostas geralmente de storytelling e também de branding, para que seja possível cativar o consumidor e gerar valor para seu produto/serviço além do que a sua solução oferece. 

O branding contribui para a geração de receita, pois pode ser orientado a partir das narrativas aplicadas durante uma venda. Afinal, uma história contada no momento certo, para a pessoa certa, muda completamente o rumo de um negócio.

A grande verdade é que em uma estratégia de venda, mais importante do que o serviço ou produto a ser vendido é a experiência criada para o consumidor. Justamente por isso, o branding é tão importante para qualquer vendedor. 

Dessa forma, investir nas ferramentas que o branding oferece contribui diretamente para o aumento da geração de receita. Saiba como: 

Através de uma definição de processos 

Seja com um copywriting bem elaborado ou com pitch bem estruturado, isso permite que o seu negócio se destaque em relação à concorrência, gerando valor e autoridade para a sua empresa

E como você deve saber, esse é um grande diferencial para qualquer empresa e de qualquer segmento do mercado.

Além disso, o branding contribui para o desenvolvimento de processos operacionais como a definição da jornada do cliente, promove um maior conhecimento sobre as personas do negócio e aumenta a expectativa do cliente em relação à solução oferecida a ele. 

Através da continuidade e constância nos projetos 

A utilização da estratégia de branding para obter sucesso e fazer com que a empresa aumente suas vendas requer continuidade e constância. Isso significa que é necessário utilizar diretrizes estratégias e entender as etapas do investimento. 

Ou seja, é preciso compreender que o investimento em branding não trará resultados imediatos e, como já citamos, é preciso de um tempo maior para que a estratégia traga retornos. 

Isso não é um problema, afinal toda empresa deve pensar no presente, mas também a médio e longo prazo, para garantir que seus planejamentos sejam assertivos. Porém não adianta comparar essa estratégia a outras que trazem resultados mais rápidos como os anúncios em mídia paga, por exemplo. 

Por outro lado, uma estratégia de branding bem definida e consolidada traz retornos como a diminuição de gastos em anúncios, gera um CAC (Custo de Aquisição de Clientes) e um CPC (Custo por Clique) menor, já que os seus consumidores são impactados da forma correta. 

Como o valor da sua marca impacta no seu discurso de vendas? 

Depois de entender o que é branding, a sua importância e como essa estratégia contribui para aumentar a receita, precisamos entender o impacto de todas essas informações em um discurso de vendas. 

Ao contrário do que muitas vezes se vê por aí, um processo de venda não começa quando o vendedor entra em contato com um cliente

Uma venda começa com a maneira como uma empresa se posiciona na internet em meios aos diversos assuntos inerentes ao seu nicho, mas também sobre os acontecimentos gerais que envolvem a vida de todos.

Um excelente exemplo que podemos citar é o crescimento de marcas que demonstraram empatia, respeito e consideração aos seus clientes durante a pandemia do novo coronavírus em 2020. 

Seja pelas facilidades de pagamento ou flexibilização de planos ou serviços, atitudes como essa impactam diretamente a forma com que um consumidor enxerga uma empresa. Por isso, é tão importante prestar atenção ao seu discurso e na autoridade transmitida a um cliente.

Então entenda o seu processo comercial e avalie as mensagens transmitidas ao seu público. A repercussão pode ser muito mais ampla do que você imagina! 

Por isso, não se esqueça de alinhar os valores e os propósitos da empresa a cada atividade diária realizada e garantir que todos os envolvidos em processos saibam disso. 

Esses princípios nortearão desde a forma como os e-mails são enviados na hora de realizar a prospecção de uma venda até aos descontos e condições especiais oferecidos aos clientes na hora da negociação. 

Uma boa estratégia de branding aplicada ao discurso de vendas demonstra aos clientes a importância que a empresa dá para os consumidores e o quanto está disposta a trabalhar para oferecer sempre as melhores soluções.

Branding e Marketing Digital andam juntos? 

Apesar de ser mais conhecido pela maior parte do público, o conceito de marketing digital veio depois do branding. E não é muito difícil entender o porquê. 

O marketing migrou para o mundo digital com a chegada da internet, mas muito antes desse advento, as marcas já investiam na gestão de branding em seus negócios e se relacionavam com seu público através de rádio, jornal ou televisão. 

Por outro lado, em meio a transformação digital e o crescimento do marketing digital, o branding ganhou novas possibilidades. 

Entre elas, podemos citar a escolha dos canais para se relacionar com os clientes, de acordo com as preferências da empresa, dos clientes e também de  acordo com a possibilidade de menor custo para o negócio. 

E quando se fala de trabalhar o branding no universo digital, existem duas grandes possibilidades que podem ser exploradas, veja quais são: 

Identidade visual:

Investir em estratégias de branding para o seu negócio no universo digital significa promover uma adequação de logo as plataformas digitais e redes sociais. 

Desenvolver um manual de marca também é muito importante para conseguir consistência em suas comunicações. Imagine uma marca que não tenha as cores padronizadas ou mesmo as fontes definidas na hora de distribuir conteúdos online? Isso tornaria a empresa facilmente esquecível. 

Pense em grandes marcas do mercado? Pensou? É muito provável que a sua identidade visual chegue até a sua mente muito antes do nome ou mesmo do produto que essa marca oferece. 

Dessa forma, é muito importante para garantir a sua estratégia de branding determinar o seu estilo e possuir uma forte identidade visual.

Estratégia:

Depois de entender a importância da necessidade de uma identidade visual, é importante garantir que ela aconteça e para isso nada melhor do que ter uma boa estratégia traçada.

Defina a personalidade que a sua marca deve ter, escolha o tom de voz, sempre levando em consideração o público-alvo de suas comunicações e o PCI (perfil de cliente ideal) que o seu negócio deseja conquistar. 

Sabendo disso, é possível descobrir os canais onde o seu público está, ou mesmo onde prefere ser encontrado, além de saber exatamente quais conteúdos ele deve receber, de acordo com seus interesses e necessidades. 

Ouça também o PloomesCast para receber vários novos insights sobre vendas e acompanhe também as nossas redes sociais! 

Avatar

Ploomes Sistemas Empresariais

Sistema de automação da força de vendas.
CRM, Funil de vendas, Automação de Propostas e Pedidos de Vendas em um só lugar!

Comentar

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial