Blog da Ploomes
Duas mulheres trabalhando em frente a um computador

O que é gestão? E o que você precisa saber para alcançar o sucesso em qualquer área de atuação?

Podemos dizer que gestão é um conjunto de ações necessárias para se administrar um negócio, independente da área ou do segmento. Por meio da gestão é possível integrar os objetivos e planejamentos para obter os resultados desejados pela organização. 

Ou seja, a gestão é uma premissa para qualquer empresa e é fundamental para que os processos estejam sempre otimizados. Justamente por isso, toda organização precisa de um planejamento bem definido, assim como sua missão, valor e visão.

O segundo passo imprescindível é ter uma gestão qualificada para garantir que todo o planejamento funcione da maneira ideal, seja na equipe que atua diretamente na operação ou mesmo em aspectos mais gerais ou administrativos. 

Continue a leitura deste post e confira tudo sobre o tema e muitas boas práticas para serem aplicadas. Acompanhe! 

Como definir o conceito de gestão na prática? 

O significado de gestão na prática nada mais é do que gerenciar ou administrar processos, pessoas ou estratégias de acordo com um objetivo previamente estabelecido. Ou seja, podemos dizer que a gestão é uma maneira de organização e que acontece de muitas formas e em muitas esferas. 

Em uma empresa a gestão é uma atribuição imprescindível. Afinal a partir dela é possível controlar todas as outras áreas. Ela atua identificando os erros cometidos e também os que ainda podem acontecer.

A gestão também é responsável por definir os objetivos da área e como alcançá-los. Os gestores também têm a responsabilidade de guiar os demais envolvidos para que atinjam os melhores resultados.

Sem uma gestão eficiente e adequada, as chances de que aconteçam erros e também de que eles se repitam é muito maior. E não precisamos ir muito além para perceber que uma empresa sem gestão acabaria ficando estagnada e completamente sem perspectiva, não é mesmo?

Por isso é tão importante descobrir as áreas que podem ser beneficiadas com a gestão e colocar em prática para ajudar a sua empresa a otimizar tempo e recursos

O perfil ideal de um gestor 

Elaborar e executar estratégias de gestão pode não ser uma tarefa tão fácil como muitos imaginam por aí. 

Além de ser um trabalho que exige muita experiência de campo, é necessário que esses profissionais disponham de algumas outras características. 

Também é muito importante ressaltar que isso não se trata de uma regra. Até porque, como citaremos mais para frente, existem muitas particularidades nas áreas que serão geridas e comandadas. 

Ainda sim existem algumas características gerais que contribuem para o sucesso dessa responsabilidade. Você sabe quais são elas?

Capacidade de identificação de pontos sensíveis ou problemáticos 

Um gestor obrigatoriamente precisa ter a capacidade de definir caminhos e estratégias, além de estipular as metas que devem ser alcançadas.

Feito isso, é preciso identificar os pontos que devem ser melhorados nas operações e principalmente a prioridade de cada uma das resoluções. 

Pensamento analítico e estratégico 

Para gerir uma área em uma empresa ou mesmo fazer a gestão de pessoas, é fundamental que o líder tenha a capacidade de pensar de forma analítica e estratégica. Além disso, também é preciso estar antenado aos indicadores e possuir habilidades de liderança. 

Ou seja, o gestor deve ter um perfil mais agregador, estar preparado para comandar e unir equipes, sempre visando o bem coletivo e o alcance de resultados. 

Inspirar os colaboradores a conquistarem novos resultados 

O gestor precisa ser o primeiro a fomentar a cultura da empresa e transmitir os valores que deseja ver em cada um de seus colaboradores. A gestão antes de mais nada precisa ser um exemplo de liderança e conduta dentro e fora da empresa.

Inteligência para lidar com diferentes perfis de colaboradores 

O gestor ideal também precisa estar preparado para lidar com diferentes perfis de pessoas. Afinal, as pessoas podem até apresentar características e objetivos de vida parecidos, mas cada indivíduo é único e precisa ser entendido como tal.

Além do fato de que as diferenças e individualidades contribuem para um ambiente de trabalho mais dinâmico e criativo, o gestor que é capaz de lidar com diferentes perfis é capaz de manter o nível alto para toda a área ao invés de cultivar um ou outro talento que se destaca. 

Capacidade de fazer escolhas difíceis 

A responsabilidade de tomar decisões nem sempre é tão fácil ou mesmo agradável como parece ser. Por isso, o gestor precisa estar preparado para fazer escolhas difíceis de maneira ágil e bastante racional. 

Alguns exemplos comuns são as demissões, os cortes repentinos de orçamento e outros fatores inerentes a função de um gestor. 

Visão para estruturar processos

Além de tomar as maiores decisões, o gestor também precisa estruturar todos os processos da área gerida por ele, sem esquecer da estruturação dos processos pessoais de cada integrante da sua equipe. 

Também é importante que o gestor otimize os processos que já existam e garantir que tanto as estruturações como as otimizações contribuam para facilitar o trabalho de todo o time. 

Bom relacionamento com outras áreas 

Uma característica fundamental para um bom gestor com certeza é o bom relacionamento e a capacidade de lidar bem com pessoas, como já citamos aqui. E isso não serve apenas para as pessoas da própria equipe. 

O gestor certamente precisará lidar com demandas recebidas de outros setores, além de cooperar com todas as áreas da empresa. Afinal, de nada adianta uma área conquistar os resultados desejados, se as demais equipes da empresa não conseguirem também. 

Entendimento completo dos clientes e stakeholders 

Por fim, mas não menos importante, o gestor precisa conhecer muito bem o público que atende para que seja possível entregar um produto ou serviço que gere valor para o cliente, ao mesmo tempo em que leva em consideração os interesses da empresa. 

Além do fato de que um conhecimento mais amplo e geral sobre o mercado (e principalmente da área de atuação) contribui diretamente para a estruturação de estratégias e insights para o negócio. 

Conheça agora os mais variados tipos de gestão e como cada um deles pode beneficiar um negócio 

Até aqui abordamos o conceito geral da gestão e como ela aborda diversos segmentos de um negócio. Mas como todos sabem, a gestão também se resume a áreas específicas. Por isso, listamos os tipos mais comuns que podem ser encontrados ao longo de uma trajetória profissional. 

Gestão empresarial

O conceito de gestão empresarial é um dos mais difundidos no mercado, justamente por englobar todas as características necessárias para gestores de outras áreas também. 

Afinal, a gestão empresarial envolve diretamente os conceitos gerais de administração e coordenação de processos e pessoas. 

Ainda que algumas dessas habilidades sejam mais naturais para algumas pessoas, é importante entender que é necessário um estudo constante dessas estratégias para manter a alta performance na sua gestão. 

Gestão financeira

Já a gestão financeira se trata de algo mais específico. É possivelmente uma das áreas que mais exigem atenção em uma empresa, justamente por impactar diretamente na sobrevivência a longo prazo do negócio. 

De nada adiantaria ter uma gestão extremamente competente em todas as demais áreas de um negócio se não houvesse uma boa distribuição dos recursos necessários para o alcance de objetivos.

Responsável diretamente pelas transações financeiras, os fluxos de caixa, os investimentos e orçamentos realizados, a gestão financeira possui atribuições parecidas com a gestão empresarial. Porém, como falamos, é focada apenas na parte financeira. 

O gestor financeiro é  responsável pelo controle de receitas e despesas e principalmente pela sustentabilidade do negócio a curto e longo prazo. 

Gestão de pessoas

Fundamental para o sucesso de qualquer empresa, e tão importante quanto a gestão financeira, é a gestão de pessoas. O motivo é simples, uma empresa não pode alcançar nenhum resultado sem pessoas comprometidas com as entregas.

Características como empatia e capacidade de escutar os demais são fundamentais para esses gestores. É fundamental que os líderes possuam uma visão completa do negócio e que tenham capacidades de se relacionar muito bem com as pessoas. 

O bom gestor dá liberdade para o seu time e permite que tenham maior autonomia em seu dia a dia de trabalho. A gestão de pessoas pode ser um grande desafio, mas é de extrema importância para qualquer negócio e precisa ser enxergada de forma criativa e inovadora. 

Esse pode ser um grande diferencial de mercado. Pense nisso e confira nossa conversa com Renata Centurión, Sócia e Diretora América Latina da Winning by Design, sobre as principais estratégias de gestão para o ano de 2021.

Gestão de processos

Entendemos que a gestão de pessoas é imprescindível para a sustentabilidade de um negócio. Então podemos dizer que o primeiro passo é engajar pessoas com o projeto da sua empresa e o segundo seria promover a gestão de processos para que as pessoas possam atuar. 

Processos e pessoas se completam em qualquer operação empresarial e são fundamentais para todas as empresas. 

A lógica é a seguinte, do que valeria contar com profissionais extremamente bem preparados e aptos para lidar com os processos, se eles não estiverem previamente estabelecidos e determinados? 

Por isso, a gestão de processos deve focar na otimização dos métodos usados na companhia e garantir que todos possam trabalhar de forma cada vez menos burocrática e mais ágil. 

A alta performance é um desejo de qualquer empresa e profissional para entregar produtos ou serviços de qualidade para o seu público em um tempo cada vez menor. Afinal, tempo é dinheiro.  

Então, podemos concluir que a gestão de processos está intimamente relacionada ao que será entregue como resultado final, seja isso um serviço ou um produto.

Como consequência de tamanha importância a gestão de processos ganha a cada dia mais espaço no mercado. 

Gestão de logística

A gestão logística visa a organização de serviços que lidam mais especificamente com a venda e a distribuição de produtos, como acontece no varejo, por exemplo.

E é fundamental para lidar com processos internos e principalmente externos, como já falamos anteriormente. 

Powered by Rock Convert

É preciso planejar e estruturar caminhos para armazenagem, distribuição e manuseio de tudo o que envolve as operações de uma empresa. Seja aquilo que ela precisa receber para funcionar ou mesmo aquilo que fornece. 

Por isso, a gestão logística é algo indispensável no mercado. O impacto de uma má gestão nessa área é um dos principais impeditivos do crescimento do negócio porque impacta diretamente nos custos operacionais e na entrega da solução.  

Gestão de marketing

Tão conhecida e explorada como a gestão comercial é a gestão de marketing e não poderia ser diferente. 

A cada dia a propaganda e a publicidade ocupam mais espaço no mundo corporativo e garantem a atração de novos clientes. Com isso, a gestão de marketing se tornou algo fundamental para que uma empresa seja conhecida por seu público e por parceiros do mercado. 

Mas isso não significa que a gestão de marketing se limite apenas à criação de novas campanhas. A maior atribuição deste gestor é conhecer e entender as necessidades e desejos de seu público, para então definir métodos de como chegar até ele e como conquistá-lo. 

Então podemos dizer que a gestão de marketing é responsável pela gestão de relacionamento entre cliente e empresa. Por isso, é fundamental para qualquer negócio! Além disso, é o marketing que vai gerir diferentes canais, analisar concorrentes e garantir que a sua marca esteja à frente das outras concorrentes.

Gestão de vendas

Uma grande aliada da gestão de marketing é a gestão de vendas. O motivo é justamente a necessidade de utilizar dados no momento de definição das novas estratégias das áreas, além da necessidade de trabalhá-las em sinergia. 

Por isso, uma boa gestão de vendas é responsável por transformar as oportunidades geradas pelo marketing em novos clientes e dar continuidade às estratégias de relacionamento com o cliente. 

O gestor responsável por essa área também é quem vai adaptar as estratégias e demandas, sempre visando o aumento do faturamento e uma maior previsibilidade para a área. 

Gestão de mudanças

O conceito de gestão de mudanças é mais novo e ainda não muito conhecido no mercado de forma geral. Mas não é muito difícil perceber a necessidade e a urgência dessa área de gestão, não é mesmo? 

A cada dia o mercado ganha novas frentes, os consumidores surgem com novas necessidades e as organizações não podem ficar para trás. 

Na verdade, a mudança é a única certeza do mercado, por isso nunca é cedo ou tarde demais para investir em novos processos e buscar por novas soluções. 

Apesar da crescente necessidade, todos sabem que mudar nem sempre é uma tarefa fácil. Ainda mais quando essa mudança envolve outras pessoas e muitos departamentos dentro de uma organização, muitas vezes os resultados podem levar anos para aparecer.

Dessa forma, é necessário que haja uma gestão qualificada para organizar e planejar essas mudanças. O gestor de mudanças é responsável pela criação de processos que possibilitem que as transformações sejam mais naturais e menos desconfortáveis para os envolvidos. 

Com isso, ele garante que todas as etapas propostas sejam cumpridas sem impactar a gestão de pessoas, tão importante nesta fase também. 

Gestão de inovação

A gestão de inovação também não é uma unanimidade no mercado, assim como a gestão de mudanças ela se faz necessária em meio às diversas transformações digitais que somos a cada dia mais acometidos no mundo corporativo.

Os gestores de inovação de uma empresa serão os responsáveis por identificar novas tendências e principalmente testá-las a fim de entender os resultados dessas ações.

No mercado atual, a cada dia novas tecnologias são lançadas e estar antenado aos benefícios que ela podem trazer para os negócios é fundamental para a continuidade de bons resultados.

Então podemos dizer que a gestão de inovação está sempre em busca de qual deve ser o próximo passo. 

Logo, é fundamental que a área tenha liberdade e muita autonomia. Afinal, apostar em tendências não traz muitas certezas a curto prazo, porém os resultados com certeza são percebidos a médio e longo prazo. 

Ferramentas essenciais para uma gestão eficiente

CRM 

O CRM (Customer Relationship Management) ou Gestão de Relacionamento com o cliente, é uma ferramenta que auxilia no relacionamento com o cliente, como o próprio nome já diz. O CRM se tornou uma solução obrigatória para empresas que vendem para outras empresas.

O objetivo de uma plataforma de CRM é facilitar o relacionamento da empresa com seus clientes e captar novos clientes. 

Esse mercado movimenta mais investimentos que outros sistemas de gestão Afinal, todas as empresas querem vender mais e crescer. Por isso, um CRM de vendas é tão importante.

A ferramenta proporciona maior conhecimento sobre cada um dos clientes da carteira, além de gerenciar o trabalho de prospecção e venda e proporciona aos gestores o acompanhamento da performance de sua equipe comercial. 

Por isso, confira agora as principais funcionalidades de um CRM que contribuem para a melhor gestão de um negócio: 

  • cadastro de clientes; 
  • histórico de vendas; 
  • visitas realizadas em clientes; 
  • ligações feitas e e-mails trocados; 
  • segmentações do cadastro de clientes; 
  • a gestão de todo o funil de vendas da empresa; 
  • além da geração de diversos tipos de relatórios. 

Sem esquecer que um software de CRM também monitora os indicadores de venda como o ticket médio e as taxas de conversão. 

ERP

O ERP (Sistema integrado de gestão empresarial) foi desenvolvido a partir das primeiras soluções empresariais desenvolvidas para a gestão no mercado e é extremamente relevante até hoje. 

Seu objetivo é unificar todas as atividades de uma empresa, desde as administrativas até as mais operacionais.  

Sendo assim, o ERP passou a ser uma ferramenta obrigatória para qualquer empresa de indústrias e distribuidoras até os demais agentes de vendas. 

Isso porque, além dos benefícios relacionados ao controle de todas as informações, com o ERP é possível monitorar os processos de gestão e avançar no amadurecimento de planos e projetos para o seu negócio. 

Confira as principais funcionalidades de um ERP e entenda se essa é a solução ideal para o seu negócio: 

  • emissão de notas fiscais;
  • cálculos automáticos de impostos; 
  • controle de estoque;
  • fluxos de aprovação e movimentação de caixa.

Saiba que também é possível integrar os softwares de CRM e ERP para potencializar ainda mais a sua gestão. Caso a sua empresa ainda não tenha nenhuma dessas soluções de gestão, pare já de perder tempo e entenda como conquistar os melhores resultados.

[formulário de demo]

Automação de marketing 

O primeiro passo para uma gestão eficiente é a organização das áreas administrativas e operacionais, mas é bastante comum durante esse processo se questionar como alavancar essa jornada ou tornar mais ágil a conquista de resultados e objetivos.

E é justamente aí que o processo de automação de marketing entra, junto a necessidade de uma ferramenta que possibilite a utilização deste recurso. Isso porque sabemos que quando se trata de conquistar novas vendas, o marketing promete ser um excelente aliado. 

Se esse é o caso da sua empresa, talvez esteja na hora de investir em uma ferramenta de automação de marketing. 

Uma solução como essa pode ser o pontapé para diversas estratégias para atrair mais clientes e conquistar novas vendas. 

Dentro dessas estratégias é possível utilizar trabalhar com as seguintes:

E-mail marketing 

Caso você esteja começando, não deixe de investir no envio de e-mails marketing. Ao contrário do que podem dizer por aí, o e-mail não morreu, muito pelo contrário. 

Esse meio de comunicação ainda é muito efetivo no meio corporativo e permite uma exclusividade que as redes sociais não permitem.

Além de ser bastante eficaz, a estratégia consiste no disparo de e-mails em massa para uma lista pré-estabelecida de contatos interessantes para o negócio. 

E não pense que essa estratégia está limitada aos novos contatos, é muito comum e estratégico enviar promoções ou lançamentos para a própria carteira de clientes, fazendo com que o envio de e-mails marketing se torne uma fonte de receita para sua empresa. 

Inbound Marketing 

Ainda falando sobre automação de marketing, outra estratégia muito importante e que com certeza contribui para a melhor gestão dos negócios de maneira geral é o inbound marketing.

O inbound marketing consiste em uma conjunto de técnicas para atração de leads através da produção e distribuição de conteúdo digital de qualidade.

Por isso, as plataformas de automação de marketing permitem a captura de dados dos potenciais clientes das empresas, para que seja feita a nutrição desses contatos através do envio de mais conteúdos interessantes para esse possível consumidor. 

Feito isso, após um determinado nível de maturidade e engajamento, é possível enviar esse contatos para que sejam abordados pelo time comercial. Saiba mais neste conteúdo como alavancar suas vendas através do inbound marketing

Concluímos que..

Podemos concluir que a gestão é uma tarefa fundamental para qualquer negócio e também para qualquer pessoa que deseja se desenvolver no mercado. Sem gestão, a sua empresa perde o controle das todas as áreas e abre muito espaço para os concorrentes. 

Portanto, avalie a forma como você tem gerido cada área do seu negócio e procure sempre maneiras de melhorar o que tem sido feito.

Busque também o controle financeiro e administrativo e não se esqueça da importância da gestão para a sustentabilidade de um negócio. O uso de ferramentas de gestão e outras soluções são grandes aliados neste momento! 

Avatar

Ploomes Sistemas Empresariais

Sistema de automação da força de vendas.
CRM, Funil de vendas, Automação de Propostas e Pedidos de Vendas em um só lugar!

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Facebook
Facebook
YouTube
LinkedIn
Instagram
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial